Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Meta da Prefeitura é fazer 100 Km de asfalto comunitário em 2018
Operação tapa buraco segue sendo realizada pela administração municipal
12:02   15 de Janeiro, 2018
7e21e51fb6d503b917f93511064ebe5b.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

O secretário de Obras da prefeitura de Alta Floresta, Elói Almeida, afirmou que apesar do período de chuva, a prefeitura vai fazer a recuperação, com tapa buracos, de todas as ruas da cidade, principalmente nos pontos em que o asfalto está mais danificado. 
Na semana passada, o secretário informou que foram concluídas a operação tapa buraco na perimetral Rogério Silva e nas avenidas Robson Silva, as duas vias da avenida Amazonas, Avenida Ariosto da Riva e Airton Sena.
Nesta semana, se as condições climáticas permitir vai iniciar a recuperação na avenida Minas Gerais. “O tempo está chuvoso, mas vamos trabalhar de acordo com as condições. Nossa meta e recuperar todas as ruas da cidade seguindo pelos pontos mais críticos”, disse o secretário.
O trabalho que está sendo realizado, conforme Elói, é de ótima qualidade porque o material que está sendo usado para fechar os buracos é muito bom. “Estamos usando um material que estamos fazendo aqui na secretaria, muito bom. O serviço vai aguentar muito tempo. Onde foi tampado, não abre mais. Pode abrir outros buracos”, assegura.
Todavia, Elói enfatiza que a cidade precisa fazer um recapeamento no asfalto de várias ruas. 
“Tem muito asfalto antigo que precisa ser recuperado. Temos um convênio de R$ 2 milhões com o governo estadual, de emenda parlamentar, que deve ser liberado.  Com isto, vamos recapar a perimetral Rogério Silva e depois, as outras vias que estão mais danificadas”, disse.
2018 -  Para este ano, o secretário de Obras de Alta Floresta assegura que a previsão é que serão construídas 7 pontes de concreto nas estradas da zona rural, com recursos da Defesa Civil (Ministério da Integração Nacional).
Também este ano, a secretaria vai executar com recursos próprios do município, a ponte de acesso ao bairro Cidade Bela, no mesmo modelo das pontes que foram construídas da avenida do Aeroporto, Avenida Mato Grosso e acesso ao bairro Boa Nova.

Asfalto -  Elói disse que a meta do prefeito Asiel Bezerra e fazer 100 quilômetros de asfalto comunitários nos bairros da cidade este ano, independente da liberação de recursos de emenda por parte do governo estadual. 
De acordo com o secretário, se for liberado um projeto de financiamento para a prefeitura comprar novos maquinários, como está prevista na programação do executivo municipal, com os novos equipamentos que serão adquiridos, será passível executar o asfalto no bairro Jardim Araras. “Se tivermos maquinários, vamos tentar resolver este problema”, disse. 
Estradas - A solução para as estradas que dão acessam às comunidades de Alta Floresta, conforme o secretário seria a longo prazo. Ele disse que a atual administração vai oficializar um programa para que as pontes e bueiros de madeira, sejam aos poucos sendo substituídos por pontes e bueiros de concreto.
“Em 2017 fizemos 8 pontes de concreto. Vamos fazer mais 7 este ano. Mas a malha viária do município e de 2 mil quilômetros e temos 817 pontes e bueiros. Temos que lançar um programa para as próximas administrações darem continuidade. Só em um mandato é impossível”, observa.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte