Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Empresa baiana passa a atuar na linha Cuiabá/Alta Floresta
Governo assina ordem de serviço para a empresa Novo Horizonte fazer linha de Cuiabá à Alta Floresta
12:50   15 de Janeiro, 2018
a956c8b3ca70746e94e05bdbe6a70607.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

O Governo do Estado promoveu o lançamento do novo Sistema de Transporte Intermunicipal do Estado. Este novo sistema garante aos turistas e usuários do transporte intermunicipal melhor qualidade de serviços e passagens mais baratas.
O lançamento aconteceu nesta sexta-feira, 12, pelo governado Pedro Taques, em solenidade realizada na Rodoviária de Cuiabá. Na ocasião, o governador assinou a ordem de serviço com a empresa Novo Horizonte, vencedora das concessões dos ônibus que irão atender as regiões de Rondonópolis e Alta Floresta.
O sistema de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de Mato Grosso foi dividido em oito mercados, com duas categorias de serviços: uma básica e outra diferenciada, totalizando 16 lotes.
O serviço diferenciado tem linhas diretas, que são as que atendem Rondonópolis e Alta Floresta. Já no serviço básico os ônibus fazem paradas em diversas localidades, conhecidos como “pinga-pinga”. 

A empresa Novo Horizonte irá atuar nos mercados 2 –Rondonópolis- e 7 -Alta Floresta-  com a proposta de qualidade com preços reduzidos. A Novo Horizonte está no mercado há 50 anos, é uma empresa baiana que atua em 13 estados, inclusive em Mato Grosso. Para atuar em Mato Grosso, a Novo Horizonte incrementou sua frota, adquirindo 29 ônibus novos e gerando 200 novos empregos. Os novos ônibus são de dois andares, com wi-fi, carregadores de USB nas poltronas e o preço é o grande diferencial.
Os antigos contratos de concessões estão vencidos há quase 20 anos e as empresas não pagam a taxa de regulação à Ager. Agora, novas empresas, vencedoras das licitações devem assumir as linhas. Estado fará concessão pelo período de 20 anos.
Com as concessões dos oitos mercados, o Estado pretende arrecadar cerca de R$ 200 milhões em outorgas. Na assinatura do contrato, a empresa Novo Horizonte desembolsou a primeira parcela da outorga no valor de R$ 7 milhões. Para atuar nos dois mercados ela deverá desembolsar cerca de R$ 30 milhões.
“Foi uma ação fundamental do governo estadual, que enfrentou com coragem essa questão que se arrastava há anos. Os turistas terão garantia de um atendimento realizado com qualidade, com valores justos. Mais conforto para que a população possa conhecer este nosso estado que oferece inúmeras atrações turísticas”, destaca o secretário adjunto de Turismo, Luís Carlos Nigro.
De acordo com a Ager, o processo para viabilizar o novo modelo de transporte intermunicipal foi proposto via termo de ajustamento de conduta com Ministério Público Estadual no ano de 2007, e somente na atual gestão o processo avançou.
O diretor executivo da empresa Novo Horizonte, Isac Azevedo, que irá atuar nos mercados 2- Rondonópolis e 7-Alta Floresta- comentou que a proposta da empresa é trazer qualidade com preços reduzidos.
Com a redução na tarifa, as passagens podem variar de 30 a 40%.  Por exemplo: Cuiabá a Alta Floresta de R$ 223,05 será de R$ 159,20, Cuiabá a Rondonópolis de R$ 60,57 será de R$ 52,00
“Proposta da empresa é trazer qualidade com preços reduzidos. A Novo Horizonte está há 50 anos no mercado, possui 2.200 funcionários e atua em 13 estados. Para atuar em Mato Grosso, a empresa investiu na frota com 29 ônibus novos, gerando 200 novos empregos”, disse o diretor da empresa. 
“A Novo Horizonte é uma empresa baiana que atua em 13 estados, inclusive em Mato Grosso. Estamos vindo aqui para atuar no intermunicipal nos mercados de Alta Floresta e Rondonópolis”, acrescenta. 
A nossa proposta é trazer uma qualidade boa com tarifas reduzidas. São ônibus de dois andares, com wi-fi, carregadores de USB nas poltronas e o preço é o grande diferencial”, comentou o diretor executivo da empresa Novo Horizonte.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte