Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:06   12 de Fevereiro, 2018

 PROPINA 


O chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa, Sílvio Cezar Corrêa, reafirmou à Polícia Federal que o dinheiro entregue por ele ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, não era destinado ao pagamento de uma dívida contraída junto à empresa do irmão do político. Segundo ele, era propina mesmo! Sílvio explicou à PF que as imagens foram gravadas no final de 2013 e que a prestação do serviço pelo irmão de Pinheiro, ocorreu apenas em 2014. Estes serviços, segundo o chefe de gabinete, foram pagos com cinco cheques, cada um de R$ 40 mil, em novembro de 2014.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte