Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Neymar e Edmundo saem em defesa de Vinicius Junior
12:19   12 de Fevereiro, 2018
d7a18ba22b4231e472cdac94ef97883d.jpg

GloboEsporte

O Flamengo venceu o Botafogo por 3 a 1 e avançou à final da Taça Guanabara. Os gols da vitória foram marcados por Everton, Henrique Dourado e Vinicius Junior. Ao comemorar o terceiro gol da equipe, o jogador de 17 anos comemorou com o "chororô", provocando a torcida alvinegra.
A comemoração de Vinicius Junior dividiu opiniões. Há quem condene a joia rubro-negra pelo gesto de "chororô" na festa do gol. E há quem o defenda. Como Neymar.
O camisa 10 da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain usou seu perfil nas redes para sair em defesa do menino. 
- Futebol está chato. Se o seu time ganhar do time do seu amigo, e você zoar, ferrou. Vai ser punido - comentou ele, sempre ativo nas redes sociais.
A celebração repercutiu e o ex-jogador Edmundo usou o programa 'A Última Palavra', do canal 'Fox Sports', para sair em defesa de Vinicius: "Acho legal provocação".
"Acho legal, sou de um tempo antigo, de que a rivalidade local era muito acirrada no Campeonato Carioca. Então, acho que o Vinicius Júnior não fez nada demais", opinou o comentarista.
"É bem cultural, principalmente no estadual as provocações. Cada time tem a sua pedra no sapato, e os adversários usam isso. Mas hoje no Brasil é obrigado a ser politicamente correto. Não existe ali irem lá e querer brigar ou agredir o Vinicius Júnior. Eles tinham que jogar bola. Deixa de cumprir a sua função principal, a sua atividade para criar confusão. Acho legal defender as cores do clube, mas também acho legal provocação. Tem um árbitro ali de camisa azul que tem que entender qual é o limite ou não da provocação e punir. Não é justiça pelas próprias mãos", completou Edmundo.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte