Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Empresa em que Botelho foi sócio servia apenas para receber propina, diz MPE Celly Silva, repórter do GD A empresa Santos Treinamento e Capacitação de Pessoal Ltda, empresa que intermediava o contrato entre a FDL Serviços de Registro, Cadastro, Inf
Cidade é sede a partir de agora de uma unidade do Centro Integrado de Operações Aéreas do Estado
12:58   22 de Fevereiro, 2018
b03f7449d630b43a454c658a37874abc.jpg

Thiago Andrade | Gcom-MT 

O governo de Mato Grosso, por meio do MT Par vai apoiar o município de Sorriso no plano de concessão do aeroporto municipal à iniciativa privada. O protocolo de intenções foi assinado nesta quarta-feira (21.02) durante a inauguração da unidade do Centro Integrado de Operações Aéreas do Estado em Sorriso.

Segundo a diretora do MT Par, Maria Estela Conselvan, o Governo de Mato Grosso tem parceria com a Secretaria de Aviação Civil que está possibilitando a concessão dos aeroportos de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Barra do Garças e Alta Floresta. Dessa vez, Sorriso passa pelo estudo sozinho. 

O governador Pedro Taques disse que o Estado, em parceria com o BID, vai investir neste estudo. Do total de U$ 1 milhão, a cidade de Sorriso receberá U$ 300 mil para as análises da concessão uma vez que o aeroporto de Sorriso ficou de fora do plano do Governo Federal. 

“Esse é nosso presente ao município de Sorriso. Concedido o aeroporto, vai possibilitar novos investimentos na cidade lembrando  que tudo começou com o programa Voe MT, que apresentamos e foi aprovado na Assembleia Legislativa”, disse o governador. 

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, destacou que região tende a ganhar muito com a concessão porque o aeroporto poderá receber também cargas e não somente passageiros. “Fazendo o nosso aeroporto ser de carga vai nos trazer um avanço muito grande e a principal jogada que é no social, na geração de empregos”, finalizou.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte