Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Vereadores de Nova Monte Verde fazem moção de repúdio contra a Energisa
Motivo é a má qualidade do serviço prestado pela empresa no município
12:22   19 de Março, 2018
72f18f500566ea691e6c623fb5049de7.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

Os Vereadores Francisco Antônio Sevallo, Zenilda Alves dos Santos, Julio Cesar Paranhos da Silva, Pedro Lopes Filho, Anderson Rodrigues dos Santos, Eder Fernandes da Silva, Eliana Klitzke Lauvers, Gilberto Cassimiro e Romilton Anacleto Noetzold, que compõem a Câmara Municipal de Nova Monte Verde, apresentaram uma Moção de Repúdio a empresa concessionária de Energia Elétrica, Energisa S.A, pelos má qualidade que a empresa vem prestando aos consumidores do municípios. 
Conforme os parlamentares, as falhas e negligencias no serviço prestado, são recorrentes e causam constantes transtornos aos moradores. “Essa concessionária de energia elétrica, responsável diretamente por todas as funções no que cerne a prestação de serviços elétricos em nosso município, não vem prestando com o mínimo de zelo os serviços aos quais a compete”, diz a nota da Câmara.

Segundo os vereadores, o município de Nova Monte Verde possui uma vasta rede elétrica, tanto no perímetro urbano, como também na zona rural. No entanto, os serviços de manutenção prestados pela empresa, estão muito aquém do esperado e esperado pelos moradores, haja vista que na sede municipal, vem ocorrendo constantes oscilações elétricas, em decorrência da ineficiência da prestação de serviço da Energisa.
“A má prestação dos serviços gera recorrentes protocolos de requerimentos junto ao call center da empresa em questão, informando os mais deveras problemas tais, falta de energia, oscilação de energia elétrica, demora na verificação e manutenção dos sistemas elétricos, defeitos apresentados em decorrência a prestação de serviços elétricos ineficientes, não sendo até o presente momento apresentado quaisquer soluções a coletividade que continua padecendo com o problema”, diz a nota.
O descaso a qual o município de Nova Monte Verde fora lançado é de uma monta ainda maior junto a área rural do aludido município, conforme relata os vereadores.
Nas linhas São José, Estrada Epitácio, MT 417 e ao Distrito de São José do Apuí, dentre outras localidades, os diversos problemas enfrentados são frequentes. Ocorrem quedas de energia ou mesmo desligamento de componentes, os quais são de obrigação da empresa realizar as devidas manutenções. Mas, a Energisa demora até mais de 5 dias para a realização do conserto.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte