Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
PSDB avaliza Taques para reeleição
Pedro Taques articula candidatura à reeleição
12:30   19 de Março, 2018
8cd3cfe446a59644e3ddd48e37453f34.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

 

Após reunião, realizada neste final de semana, a Executiva estadual do PSDB autorizou o governador Pedro Taques a iniciar a construção do que pode vir a ser sua candidatura à reeleição. O chefe do Executivo vai ter que abrir diálogo dentro do próprio ninho tucano, antes de buscar apoio de outras siglas. Além disso, pesquisas eleitorais devem ter papel fundamental no momento da decisão.
De acordo com o presidente estadual do PSDB, Paulo Borges, o governador terá toda liberdade de viabilizar o seu projeto. “O governo tem o aval para fortalecer o seu nome dentro partido, para chegarmos, mais na frente, com isso consolidado”. Na prática, nenhuma decisão oficial foi deliberada.
Sobre os dissidentes entre seus aliados, governador Pedro Taques afirmou, não temer a possibilidade de alguns partidos deixarem sua base. 
Para ele, não se perde aquilo que nunca teve, sugerindo que, na realidade, os dissidentes jamais chegaram a ser aliados de verdade.
 “Não acredito que estou perdendo aliados. Eu não posso perder o que nunca tive”, disse. 
A declaração é feita na semana em que seu coordenador da campanha de 2014, ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (sem partido), e o ex-governador Júlio Campos (DEM) fizeram críticas à gestão tucana.
O ex-senador Julio Campos (DEM) afirmou que o DEM já está decidido no sentido de disputar um cargo à majoritária (Governo ou Senado) nas eleições de outubro deste ano, não havendo qualquer chance de a sigla continuar no arco de alianças que elegeu o governador Pedro Taques. 
Segundo o democrata, a decisão será confirmada no próximo dia 23, quando ocorrerá em Cuiabá um grande ato de filiação do partido, que contará com a presença do presidenciável Rodrigo Maia (DEM). 
“No dia 23, vamos confirmar o desejo de termos candidato a governador e senador aqui em Mato Grosso. O presidente nacional do partido, ACM Neto, já definiu que vamos disputar eleição em 13 Estados da federação e um deles é Mato grosso”, disse Julio.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte