Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Hospital regional apresenta produção dos últimos três anos em Alta Floresta
O próximo será organizado pelo Hospital Regional de Sorriso
12:41   09 de Abril, 2018
6e24661523eaed1bc40e58c4c9bde3ab.jpg

Sandra Carvalho
 SES MT

A direção do Hospital Regional de Alta Floresta (HRAF) apresentou um balanço da produção da unidade de 2015 a 2017, dando a devida transparência à gestão, durante fórum com a sociedade organizada realizado nesta sexta-feira, 6, e que debateu o perfil epidemiológico do Alto Tapajós e ações em busca do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) na região. O evento realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) sob a condução do diretor do HRAF, José Marcos Santos da Silva, reuniu o secretário adjunto de Gestão Hospitalar da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) Cassiano Falleiros, o promotor de Justiça Luciano Martins, representantes das prefeituras de Alta Floresta, Paranaíta, Carlinda, Apiacás, Nova Monte Verde, e dos Hospitais Regionais de Sorriso e Colíder.
O fórum foi avaliado pelo promotor Luciano Martins como uma iniciativa muito importante para a comunidade tomar conhecimento dos serviços realizados pelo hospital. “Muitas vezes o que chega à população é apenas o aspecto negativo e não o que é produzido de positivo e que tem muita gente empenhada em melhorar a qualidade dos serviços de saúde”, ponderou
 A presença do secretário adjunto de Gestão Hospitalar foi outro ponto destacado pelo promotor. “Ter um representante da Secretaria de Estado de Saúde aqui para esclarecer dúvidas e acompanhar o que está acontecendo na região e inclusive para justificar que apesar das dificuldades tem trabalhado para melhorar os serviços diminui a insegurança da população em relação aos serviços de saúde. O fórum foi uma iniciativa bastante positiva e deveria ser realizado regularmente”. 
Cassiano Falleiros também reconheceu o valor da iniciativa do HRAF para a garantia da transparência da gestão pública e também da democratização das ações da unidade. “Esta também é uma forma de fortalecermos o processo de regionalização e também de esclarecermos sobre a real situação do SUS, como funciona a rede, quais as principais dificuldades como o baixo financiamento e investimento na rede entre outros fatores”, frisou o secretário adjunto, anunciando que o fórum também deverá ser realizado em outras regiões do Estado. 
O próximo será organizado pelo Hospital Regional de Sorriso. Também estiveram presentes no evento o diretor técnico e o diretor clínico do Hospital Regional de Alta Floresta, Sérgio Dezanetti e José Correia, respectivamente; representante do Consórcio Intermunicipal de Saúde Lenir Ribeiro, além de diversos profissionais de saúde. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte