Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Vereador cobra agilidade em licitações e teme perda de recursos já liberados
Município, segundo Joranir, poderá perder os recursos se obras não forem iniciadas
12:04   20 de Abril, 2018
f224a65b1657819a55116fde691e4f18.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

O vereador Joranir Soares (PPS) afirmou que irá apresentar um requerimento na sessão da Câmara Municipal de Peixoto de Azevedo, que será realizada na segunda-feira, 23, cobrando agilidade na execução de algumas obras que, conforme ele, ficaram com o recurso em conta na transmissão de mandato do ex-gestor para o atual, mas que até agora não foram sequer licitadas.
Nesta situação, o parlamentar cita a Capela Mortuária de Peixoto de Azevedo, o asfalto no bairro Alvorada e as obras de drenagens no bairro Nova Esperança.
Capela Mortuária- Conforme o vereador, a prefeitura tem uma emenda de R$ 250 mil para executar a obra, com uma contrapartida de cerca de R$ 150 mil. Segundo Joranir, a prefeitura tem prazo até no final deste mês para protocolar a emenda, que é do deputado Dilmar Dal’Bosco. 
“Esta obra resolve um problema enfrentado por toda a população, que precisa de um espaço adequado para velar seus entes queridos. E não podemos perder este recurso!”, frisa o vereador.
Bairro Jardim Alvorada- O bairro Alvorada, segundo o vereador, tem recurso em conta para a prefeitura executar a obra de asfalto. Conforme ele,  são R$ 414 mil, com contrapartida de R$ 20 mil da prefeitura, recurso que ficou em conta deixado pela administração anterior.
O recurso, de acordo com Joranir, é proveniente do convênio número 389711/ 2016, do Ministério das Cidades, destinado por emenda do deputado Nilson. São R$ 394 mil do Ministério e R$ 20 mil de contrapartida do município.
Segundo ele, o bairro já conta com drenagem e rede de esgoto, obras que já foram executadas no passado. E falta somente o asfalto.
“Esta emenda tem cláusula suspensiva que vence no dia 26 de abril. Se a prefeitura não iniciar a obra, perde o recurso. Este asfalto é um sonho antigo dos moradores do bairro Alvorada. A população há anos espera o asfalto. E agora que tem o recurso para fazer, não podemos perder. Seria um prejuízo, principalmente num município como Peixoto que precisa de investimento em infraestrutura urbana”, avalia o vereador.
Nova Esperança- O vereador Joranir Soares também cobra uma solução do prefeito, com relação as obras de drenagem de águas pluviais do bairro Nova Esperança. Segundo ele, a obra está parada há mais de um ano por falta de licitação.
“O município tem liberado R$ 2 milhões, 850 mil para executar a obra de drenagem no bairro. É um recurso que temos que investir, porque é uma obra importante para a população e o primeiro passo para sair o asfalto. Se a prefeitura não executar a obra, perderemos o recurso”, enfatiza o vereador.
O vereador também alerta o prefeito com relação ao cadastramento, que deve ser imediato, de um convênio no valor de R$ R$ 100 mil, do deputado Oscar Bezerra, destinado à execução de lama asfáltica nas principais vias da cidade.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte