Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Vereador cobra respostas para crise política em Nova Bandeirantes
César Perigo afirma que as questões do incêndio da prefeitura e a situação do prefeito Rio Branco deve ser resolvida porque o município está sendo prejudicado
17:54   17 de Maio, 2018
20f6d67d7e825f8b387765d543c3ba0b.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte


O vereador Cesar Augusto Perigo (MDB) vê com muita preocupação a situação política delicada de Nova Bandeirantes e diz que o clima de instabilidade causa prejuízos ao município, com consequências para à população.
O parlamentar, em entrevista à Mato Grosso do Norte, nesta segunda-feira em Alta Floresta, afirmou que além da questão relacionada ao incêndio da prefeitura, que ainda não houve uma resposta das autoridades competentes, outro fator agravante é a situação do prefeito, que teve o mandato cassado em 1º Instância e corre o risco de perder o cargo.
Na sua opinião, tanto o incêndio na prefeitura quanto a situação do gestor perante a justiça eleitoral, devem ser resolvidas com urgência, para o município, que tem boas perspectivas de crescimento, possa seguir em frente. 
“Estamos aguardando respostas sobre a operação Loki, feita pela delegacia Fazendária (DEFAZ), sobre a qual até hoje não houve pronunciamento das autoridades e não teve nenhum parecer. Estamos cobrando também das autoridades competentes, como o Ministério Público e secretaria de Segurança Pública do Estado. O que não pode é continuar essa situação. O município está sendo prejudicado em seu processo de crescimento”, disse.

Segundo Cesar, com relação ao mandato do prefeito Valdir Rio Branco (PSB), duas denúncias de irregularidades feitas contra ele, que passaram pela Câmara, foram arquivadas por falta de provas. “O que existem são apenas indícios”, disse. 
De acordo com ele, os vereadores tem feito a sua parte, procurando ajudar o executivo, para que os serviços prestados à população não sejam interrompidos. “Os vereadores estão trabalhando e fazendo as cobranças em todas as sessões, nos reunindo com a sociedade, para os trabalhos não parar nesta situação de crise. Mas o prefeito tem boa vontade e a prefeitura continua cumprindo com suas obrigações, apesar das dificuldades. Temos que ajudá-lo”, disse. 
Sobre o prefeito Valdir Rio Branco, o vereador disse que o prefeito, mesmo diante dos obstáculos que vem enfrentando, está se esforçando para fazer o melhor dentro de suas possibilidades.
“Tem os defeitos e as qualidades. A administração dele procura fazer o que pode e as algumas ações estão acontecendo, outras ele está buscando. E nós, vereadores, estamos tentando ajudar o prefeito diante dos serviços que a administração não vem conseguindo realizar. Procuramos estar atuando junto”, assegurou.   
Perigo reconhece as dificuldades enfrentadas pelo prefeito, mas não considera que ele está sofrendo perseguição política. 
“Foi uma eleição disputada com três candidatos. Ele obteve 34% dos votos e as ações estão acontecendo. Temos que analisar o que é certo e o que é errado e ver o que é melhor para o município, independente de partido, temos que tocar o município e fazer o atendimento à comunidade”, enfatiza ele.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte