Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Governo de MT assegura investimento em parque de Terra Nova do Norte
Por meio de recursos de compensação ambiental, melhorias serão implementadas no parque municipal
13:36   28 de Maio, 2018
54d1f426acd9c1c560a59602b2d35e54.jpg

Juliana Carvalho
Sema-MT 

O Parque Municipal Vale do Esperança, localizado em Terra Nova do Norte, receberá R$ 2,3 milhões para implementação de melhorias e elaboração de plano de manejo. Os recursos de compensação ambiental da Sinop Energia para investimento no município foram assegurados pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, o prefeito do município, Valter Kuhn, e o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby, assinaram um protocolo de intenções na última quarta-feira (23). Para o governador Pedro Taques, Terra Nova do Norte tem potencial para ter o maior parque urbano de Mato Grosso. "Serão 200 hectares implantados aqui e para se ter uma ideia, o Mãe Bonifácia, em Cuiabá, possui 77 hectares", completa o gestor. 
O prefeito do município, Valter Kuhn, explica que o parque Vale do Esperança trouxe um novo modo de pensar para a administração pública local e para a população. "Existe uma Terra Nova do Norte antes do parque e outra agora. Queremos preservar a riqueza de biodiversidade que temos aqui e projetamos que até 2030, seremos um município neutro nas emissões de carbono", completa. 
O projeto da prefeitura é implantar diversas melhorias no parque. A proposta prevê uma área de recreação com campo de futebol, iluminação, estacionamento e equipamentos de ginástica. Já o plano de manejo irá apontar os melhores acessos à mata, definir trilhas e diretrizes para conservação da área. Segundo o poder executivo local, um estudo feito na área observou as sérias históricas num espaço de três décadas e identificou que mais de 60% da mata do Parque Municipal Vale do Esperança é nativa.   
Com objetivo básico de preservar os ecossistemas naturais existentes, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, de turismo ecológico, de recreação, esporte e lazer, a unidade de conservação municipal também terá espaços de convivência e de incentivo ao comércio local da agricultura familiar, em especial na área de alimentação e artesanatos. O parque foi criado em setembro de 2017.
“É brilhante a sensibilidade que o município de Terra Nova do Norte teve ao criar a unidade de conservação. Tanto a Prefeitura quando a Câmara dos Vereadores se empenharam para para alavancar este projeto que trará mais qualidade de vida para a população”, reforça André Baby, titular da Sema.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte