Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
13:20   13 de Junho, 2018

ROMOALDO E SAVI
A conselheira Jaqueline Jacobsen, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), votou para que os deputados estaduais Mauro Savi e Romoaldo Júnior restituam em R$ 16 milhões os cofres públicos, em decorrência de superfaturamento na obra do estacionamento da Assembleia Legislativa. Jaqueline apontou uma extensa lista de irregularidades em cada uma das etapas da obra. Entre os problemas mais recorrentes citados por ela estão o pagamento de serviços em duplicidade, pagamentos por serviços não realizados ou parcialmente executados, além de pagamentos por materiais que sequer foram utilizados na obra, tal como admitiu a própria empresa executora. O julgamento do processo foi iniciado nesta terça-feira, mas acabou suspenso em razão do pedido de vistas do conselheiro substituto, Moisés Maciel.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte