Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Rússia vence Egito e fica perto das oitavas
Seleção anfitriã venceu equipe de Mo Salah por 3 a 1
12:51   20 de Junho, 2018
33fffa4c5afbc58c1c1b7bebde9bd2fc.jpg

A Rússia precisou de 15 minutos para definir uma imponente vitória por 3 a 1 sobre o Egito na tarde desta terça-feira (19), em São Petersburgo . Comandada pelo centroavante Dzyuba , que ganhou a vaga de titular, os donos da casa encaminharam a classificação com gols de Fathi (contra), Cheryshev e o próprio Dzyuba , todos entre os dois e os 17 minutos do segundo tempo, e agora dependem apenas de empate ou vitória do Uruguai sobre a Arábia Saudita para carimbar a passagem às oitavas de final.

Os egípcios, que descontaram em pênalti sofrido e cobrado pelo craque Mohamed Salah , estão tão eliminados quanto os russos estão classificados. Zerados, eles precisariam que a Arábia Saudita vencesse oUruguai nesta quarta-feira (20), além de, na última rodada, derrotar os sauditas, torcer por outro tropeço dos uruguaios contra a Rússia e tirar o saldo de gols que os separa (1 a -4, atualmente).
Na próxima rodada, a última da chave, os russos fecham sua participação diante do Uruguai , na Arena de Samara, às 11h da próxima segunda-feira (25). No mesmo dia e horário, os egípcios enfrentam a seleção da Arábia Saudita , na cidade de Volgogrado .
A volta para o intervalo, normalmente estudada pelos jogadores, foi um movimento avassalador dos donos da casa. Logo aos dois minutos, após bola alçada na área, Zobnin pegou a sobra e chutou cruzado. Dzyuba, parado, protegeu e Fathi, na tentativa de antecipar o gigante russo, acabou desviando com o joelho para trás, sem chances de defesa para o goleiro El Shennawy.
O Egito ainda tentou buscar uma reação, mesmo atônito com a série de pancadas desferidas pelos russos. Coube justamente a Salah o suspiro dos africanos. Em boa jogada trabalhada pelo meio, ele invadia a área quando foi puxado pelo ombro por Zobnin. O árbitro inicialmente marcou fora da área, mas o assistente de vídeo, mostrou que a infração havia sido dentro dela. Penalidade bem batida e gol de honra assegurado para o craque do Liverpool.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte