Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Argentina leva baile da Croácia e se complica de vez na Copa do Mundo
Seleção europeia garantiu a classificação com resultado positivo
23:04   21 de Junho, 2018
9bb2094390bdbf6f1aac92eab56d1464.jpg

Por O Dia

Foto/ AFP

Messi parece assistir a um filme de terror. Quase em estado de choque, viu a Argentina perder por 3 a 0 para a Croácia, nesta quinta-feira, no Estádio Nizhny Novgorod e dar contornos de drama à peça trágica na qual se transformou a Copa da Rússia para ele, um dos maiores jogadores de todos os tempos. O time de Sampaoli chega à última rodada do Grupo D, contra a Nigéria, terça-feira que vem, em São Petersburgo ainda com esperanças de um final feliz. Mas se repetir as duas primeiras atuações, corre o risco de sair de cena na primeira fase.

O time da Croácia, que mostrava, no início, respeito ao esperado protagonismo da equipe de Messi, começou a dirigir o jogo. Ainda no primeiro tempo, Mandzukic, aos 32, desperdiçou chance clara de cabeça.

No segundo tempo, o goleiro Caballero resolveu tomar para si o personagem mau na trama. Ao tentar devolver a Mercado bola atrasada, entregou na medida para o atacante Rebic acertar um belo chute de primeira e abrir o placar.

A partir do gol, o enredo ameaçou dar uma guinada rumo à violência. Entradas duras e divididas com força excessiva entraram no enredo. A Argentina buscava uma reviravolta na história, que, no entanto, se encaminhou de vez para um desfecho melancólico, quando Modric, aos 35, de fora da área, ampliou o placar.

Já nos acréscimos, aos 46, Kovasic aproveitou rebote do goleiro e rolou para Rakitic completar, em lance que lembrou a apatia brasileira nos 7 a 1 para a Alemanha. O volante croata, cinco minutos antes, já havia acertado o travessão em cobrança de falta.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 0 X 3 CROÁCIA

Local: Estádio de Ninji Novgorod (Rússia)

Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)

Auxiliares: Abdukhamidullo Rasulov e Jakhongir Saidov (ambos do Uzbequistão)

Cartões amarelos: Mercado, Otamendi, Acuña (Argentina); Rebic, Vrsaljko, Mandzukic (Croácia)

Cartões vermelhos -

Gols: Rebic, aos oito minutos do segundo tempo, Modric, aos 35, e Rakitic, aos 46 (Croácia)

ARGENTINA: Caballero; Mercado, Otamendi e Tagliafico; Mascherano, Pérez (Dybala), Salvio (Pavón) e Acuña; Messi, Aguero (Higuain) e Meza/ Técnico: Jorge Sampaoli

CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic; Rakitic, Brozovic, Rebic (Kramaric), Modric e Perisic (Kovacic); Mandzukic (Corluka) / Técnico: Zlatko Dalic

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte