Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
PT-MT lança candidatura de Lula à presidência em Cuiabá
De acordo com o presidente da sigla em Mato Grosso, “a candidatura de Lula será registrada em 15 de agosto e PT afasta a possibilidade de um "plano B" para substitui-lo.”
12:15   25 de Junho, 2018
133cf20c9183dffed27730ef5812c48c.jpg

Assessoria 

O Partido dos Trabalhadores lançou neste sábado (23), na sede da CUT em Cuiabá, a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da república nas eleições de outubro. O evento reuniu correligionários de todo o estado de Mato Grosso e reafirmou que o partido não tem outro nome para disputa.
“Diante de todos os números mostrados pelas últimas pesquisas não temos dúvida de que o povo quer Lula presidente de novo. Este movimento tem se intensificado a cada dia e se contrapôs ao golpe arquitetado pela direita e chancelado pela lava-jato. Condenaram Lula sem provas, o prenderam politicamente, mas não conseguiram o afastar do povo. O povo quer Lula livre. Lula presidente!”, explicou Valdir Barranco, presidente do PT em Mato Grosso.
O presidente do Partido da Causa Operária (PCO), em Mato Grosso, participou do evento. “Nós do PCO-MT consideramos que a única candidatura capaz de enfrentar o golpe de estado dado contra o povo brasileiro é a candidatura do companheiro Lula. É preciso lutarmos por sua liberdade e levá-lo novamente à presidência da república. Lula Livre, Lula Presidente”, disse André Antunes.
Jocilene Barbosa, presidente do Sintep-MT, reafirmou a importância de apoiar o “maior líder popular deste país.” “Não há como apoiar quem tenha defendido e apoiado o golpe contra o povo brasileiro ou a prisão política do maior líder popular deste país. O povo quer Lula Livre, Lula presidente.”
De acordo com o presidente da sigla em Mato Grosso, “a candidatura de Lula será registrada em 15 de agosto e PT afasta a possibilidade de um "plano B" para substitui-lo.” 
“A prisão política de Lula, condenado pelo TRF-4, tem como único objetivo torna-lo inelegível. Sabemos que ela representa a continuidade do “golpe” porque Lula foi condenado sem provas. Esse julgamento não passa de uma farsa para atender a elite e afastar o maior líder popular deste país de ser novamente presidente do Brasil. Não vamos nos curva e Lula será de novo nosso presidente”, concluiu Valdir Barranco.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte