Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:42   04 de Julho, 2018

BOA VIDA
O deputado Mauro Savi (DEM), apesar de estar preso há 54 dias, continua recebendo salário e verba indenizatória, que somados chega a R$ 100 mil por mês. Acusado de liderar uma quadrilha que supostamente fraudou R$ 30 milhões dos cofres do Detran, mesmo estando impossibilitado de ir ao que seria seu local de trabalho, o parlamentar continua recebendo subsídio como se estivesse na ativa. E o paradoxo é que ele ainda sonha em ser candidato nesta eleição. 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte