Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Secretaria de Desenvolvimento inicia Notificação dos lotes em Alta Floresta
Só nestas duas semanas de trabalho foram identificados mais de 30 lotes em situação de sujeira
12:22   09 de Julho, 2018
41d43b352323bd6ab0faa05410d10fd1.jpg

Ascom
Pref. de Alta Floresta

A Secretaria de Desenvolvimento, por meio da direção de Meio Ambiente, está em fase final da limpeza dos lotes públicos de posse e notificação dos lotes particulares sujos.
O engenheiro florestal e diretor de Meio Ambiente, Lucas Carvalho, diz que a secretária Célia Castro já deu autonomia para identificar os lotes particulares que necessitam de limpeza e notifique os responsáveis evitando assim qualquer propagação de fogo ou qualquer dano ambiental dentro da zona urbana.
Só nestas duas semanas de trabalho foram identificados mais de 30 lotes em situação de sujeira, seja com mato alto ou entulhos, onde os proprietários já começaram a serem notificados pela Secretaria e terão prazo de 15 dias para realizar a limpeza total do lote.
 Além da notificação direta que é entregue ao contribuinte do imóvel, a Direção está colocando algumas placas para identificação dos lotes já notificados.
Caso não seja efetuada a limpeza, a Prefeitura poderá realizar o serviço e lançar a dívida no cadastro do lote por metro quadrado, segundo Lei Municipal 2.400/2017. "Isso não exclui o lote de ser multado, caso haja algum dano ambiental no local, além da necessidade da limpeza com a retirada de resíduos através da notificação”, alerta o diretor de Meio Ambiente.
A Secretaria pede à população que auxilie denunciando qualquer atividade que possa prejudicar o meio ambiente entrando em contato pelos telefones 6635215025 e 66984225894 e ainda alerta aos proprietários de lotes que procedam à limpeza total do mato com a retirada de entulhos.
O objetivo nunca é a multa e sim a educação ambiental que cada pessoa exerce e multiplica. "Se cada um de nós fizer a sua parte, teremos um lugar melhor para morar", concluiu.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte