Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Justiça bloqueia R$ 1,2 milhão em bens do deputado Baiano Filho
17:43   19 de Julho, 2018
a7367ed0b68f5646b889518b3eed5b5a.jpg

Olhar direto/ Paulo Victor Fanaia Teixeira

O deputado estadual José Joaquim de Souza Filho (o “Baiano Filho”) sofreu bloqueio de R$ 1,2 milhão em bens. A decisão foi proferida pelo  juiz Luís Aparecido Bertolussi Júnior, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular. O processo tramita em segredo de justiça.

Leia mais:
TJ condena Bosaipo e ex-prefeito por improbidade; direitos políticos são cassados

Baiano Filho (PSDB) é um dos deputados que aparecem nas filmagens feitas pelos delatores premiados Silval Barbosa (PMDB), ex-governador do Estado, e Silvio César Corrêa Araújo, seu ex-chefe de gabinete. No vídeo, o deputado estadual aparece reclamando por não receber o pagamento de R$ 1,8 milhão, que segundo ele teria sido prometido pelo “presidente”.

“O presidente prometeu. Que tinha arrumado R$ 1,8 milhão. Dou conta não, cara. Eu preciso!”, diz o deputado ao então chefe de gabinete de Silval, Silvio Corrêa, que responde: “Eu sei, mas não tem como”. “Mas ele falou lá ontem, pô. Esse povo não, não cumpre com o que fala?”, questiona o Baiano Filho.


A delação do ex-governador do Estado Silval Barbosa, firmada junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) por intermédio da Procuradoria-Geral da República, contém 94 depoimentos. Outros três parentes do ex-governador firmaram acordos semelhantes, prestando 49 depoimentos para robustecer as confissões/denúncias. Junta, a família Barbosa devolverá mais de R$ 76 milhões aos cofres públicos.


"O deputado Estadual Baiano Filho, que cumpre licença parlamentar por motivos particulares desde o dia 06 de junho, afirma desconhecer a determinação exarada pelo magistrado determinando o referido bloqueio de bens, e somente se pronunciará quando obtiver acesso ao seu inteiro teor".

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte