Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Nova função do Instagram promete chacoalhar o mercado digital
A nova ferramenta, que pode ser usada dentro do próprio aplicativo
12:39   25 de Julho, 2018
c3403ee4e72583cf9030758c7f51d230.jpg

Por Denis Casita

O Instagram acaba de marcar um gol de placa ao desenvolver mais uma função que promete movimentar o mercado digital: o Instagram Television (IGTV). Trata-se de uma função desenvolvida exclusivamente para a publicação de vídeos de até uma hora. Até hoje, o limite máximo de tempo era de um minuto para as publicações no feed.
A nova ferramenta, que pode ser usada dentro do próprio aplicativo – um ícone de televisão foi inserido no canto superior direito da tela, o que me faz lembrar que estamos diante de uma nova forma de ver TV – ou em um App independente, tem como foco principalmente os criadores de conteúdo com conta verificada, ou seja, com aquele "check" azul ao lado do nome que identifica os perfis.
Isso demonstra o claro objetivo do Instagram de estreitar os laços, leia-se negócios, com influenciadores, celebridades e marcas, que trazem para a rede (e para os próprios Instagramers) diversas oportunidades e cifras vultuosas. Aliás, bastou a atualização para vários deles já anunciarem novas ações para o IGTV. Vale lembrar que os usuários comuns, diga-se de passagem, também foram contemplados com a novidade, só que com um tempo bem menor, é claro: apenas 10 minutos.

Um dos motivos pelos quais o IGTV chama a atenção é que ele veio para concorrer diretamente com outro gigante do setor, o Youtube. Para isso, o Instagram lançou mão de alguns recursos, a começar pela disposição do vídeo, que deve ser feito na vertical, seguindo a linha de uso do smartphone. O Youtube já havia feito isso recentemente, quando permitiu que as postagens fossem feitas em seu App na vertical, acabando com o dilema dos usuários que queriam assistir a um vídeo em tela cheia nessa posição, mas tinha de posicionar o celular na horizontal.
Outra novidade é a definição dos vídeos, que passam a ter 4k, conferindo à imagem alta resolução. Isso só reforça que a estratégia de criação de vídeos para serem consumidos no celular tem tudo para ser cada vez mais profissional e, portanto, promissora. Agora mais do que nunca é possível gerar conteúdos de excelente qualidade para as empresas, sem que para isso elas precisem fazer altos investimentos na criação, desenvolvimento e veiculação dos mesmos. Vale lembrar que, por enquanto, os vídeos do Youtube possuem resolução HD de, no máximo, 1080p, bem inferior ao da IGTV, o que, com certeza, vai forçar a concorrente a apresentar melhorias nesse quesito.
Esses pontos, por si só, têm tudo para impactar a forma como assistimos a esse tipo de conteúdo na internet e também a geração de novos negócios. A briga promete ser boa, o que é ótimo para o mercado. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Denis Casita é especialista em Marketing Digital e CEO da Performa Web. Graduado em Administração para Internet pela FIAP, possui especializações na área de Marketing Online

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte