Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
A face da maldade
No elenco de “Jesus”, Mayana Moura adota visual exótico para viver Satanás
14:51   27 de Julho, 2018 - Fonte: – FOTOS: JORGE RODRIGUES JORGE/CZN
8b3269b4fde39061641879afb302e05b.jpg


POR CAROLINE BORGES
TV PRESS

Mayana Moura não questionou e nem precisou pensar muito antes de assumir o papel de Satanás em “Jesus”, da Record. Decidida que estava diante de um dos personagens mais emblemáticos de sua carreira, a atriz de 35 anos simplesmente esperou algumas negociações profissionais serem concluídas e rezou por proteção antes de aceitar o convite da emissora em definitivo. “Se é para eu contar essa história, que eu conte. Se rolou, é porque era para acontecer. Para mim, é uma honra estar contando essa história. É uma das maiores de todos os tempos e é um personagem muito interessante”, explica Mayana, que não segue nenhuma religião. “Tenho uma relação com Jesus Cristo muito específica. Acredito e converso muito com Ele. Ninguém conhece o meu coração melhor”, completa.
Na história escrita por Paula Richard, Satanás é o principal antagonista de Jesus, papel de Dudu Azevedo. Anjo decaído e expulso do Céu, ele dedica-se a corromper homens e mulheres, buscando trazer o caos ao mundo. Revoltado com a vinda de Jesus à Terra, tenta corrompê-lo, através de promessas de poder e riqueza. “Achei que o personagem era a minha cara. Sou meio menino e decidi fazê-lo de forma andrógena. Desde o começo, esse papel veio com uma espinha dorsal diferente. Em cena, ando que nem menino, me movimento de outra forma e minha voz é totalmente diferente”, afirma.
Para encarar um personagem tão diferente em cena, Mayana precisou passar por uma transformação estética. Primeiramente, a atriz foi orientada a raspar os cabelos, proposta que a deixou um pouco insegura inicialmente. “Sendo sincera, não foi fácil. Mas tenho um lado muito aventureiro e adoro mudar o cabelo. Depois, achei divertido e interessante. Hoje, me vendo no espelho, já estou acostumada. Quando cortei também fui bastante decidida e não chorei”, lembra. Além de estar careca, Mayana também aparece em cena sem as sobrancelhas e com as unhas grandes e afiadas, que ficam na cor natural, mas com aspecto de sujas. Inspirada por filmes de terror e cantores como Marilyn Manson, a atriz já tinha certa familiaridade com uma estética mais exótica e sombria. “Estou em um ambiente que visualmente não é estranho para mim. Como sou bem branca, a produção acentua minhas veias em cena. É algo feito para dar medo mesmo. Já tive uma fase da vida em que eu raspava a sobrancelha, por exemplo. Era fã do David Bowie, né? Deveria ter uns 18 anos”, ressalta.
Natural do Rio de Janeiro, Mayana é uma figura bissexta na televisão. Após ganhar repercussão nacional ao interpretar a mimada Melina, de “Passione”, a atriz figurou no elenco de poucas produções da Globo, como “Guerra dos Sexos” e, mais recentemente, “Tempo de Amar”. “Jesus” é seu primeiro trabalho na Record. “Acredito que esse papel possa ser um marco na minha carreira, mas a gente nunca sabe até ir ao ar. As respostas dos amigos e colegas de elenco estão muito positivas. Porém, quem analisa mesmo é o público”, aponta. Quando ainda estava no ar com “Tempo de Amar”, Mayana revelou que sofria de transtorno bipolar, distúrbio associado a alterações de humor. A ideia da atriz era alertar o grande público para a doença. “As pessoas banalizam bastante a bipolaridade. Mas é por falta de conhecimento mesmo. É muito importante tomar remédio e buscar tratamento. Se não, a vida fica com muitos altos e baixos. É cansativo e difícil de administrar”, alerta.

“Jesus” – Record – de segunda a sexta, às 20h45.

No calor do deserto

Ao longo de 17 dias, Mayana esteve no Marrocos gravando as primeiras cenas de “Jesus”. Ao lado do restante do elenco, ela precisou enfrentar altas temperaturas e um clima com baixa umidade. “Foi uma experiência muito louca. Os cenários são maravilhosos. O resultado final ficou lindo demais. Sabíamos que sairia algo muito interessante desse trabalho”, explica.
Por conta das altas temperaturas e do figurino pesado, Mayana sofreu para realizar suas sequências. Ao longo do trabalho, ela precisou o tempo todo molhar a cabeça e as roupas nos intervalos de gravação. “Minha roupa é um capuz de lã preso do pescoço até o chão. Estava fazendo 53 graus e eu não tenho resistência nenhuma ao sol. Foi uma experiência de luta para mim e para todo o elenco também”, lembra.

Instantâneas

# Para interpretar Satanás, Mayana Moura utiliza um perfume específico. “Quando saio de cena, tomo banho e coloco meu próprio perfume. Não levo nada para casa”, afirma.
# Mayana tem uma experiência com o público infantil. Em 2015, ela participou da série “Buuu”, do Canal Gloob.
# A atriz usa protetor solar fator 70 na cabeça já que está completamente sem cabelos.
# Durante o período em que morou em Los Angeles, a atriz chegou a montar uma banda de rock.

 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte