Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Flamengo goleia o Sport no Maracanã
Pernambucanos fazem bom primeiro tempo, mas não resistem à força dos donos da casa na segunda etapa
17:07   31 de Julho, 2018
7010a53d324a2eac7cea46221977b698.jpg
Foto: Site | Flamengo

Globo Esporte. Com

Em dia de festa para Vitinho, que chegou ao Maracanã pouco antes da bola rolar, o Flamengo bateu o Sport e segurou a ponta do Brasileiro por mais uma rodada. O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, apesar dos donos da casa terem saído na frente (gol de Réver), mas com algumas escapadas do pernambucanos, que empataram com Claudio Winck no fim da primeira etapa.

Empurrado por quase 60 mil pessoas e no embalo da saudação à torcida de Vitinho no intervalo, o time carioca pressionou o Sport na segunda etapa, contou com duas falhas individuais dos pernambucanos (de Ronaldo Alves e Magrão) e fez três gols em 18 minutos - com Paquetá, Éverton Ribeiro e Uribe, que entrou no lugar de Guerrero.
Vitinho desembarcou no aeroporto Internacional do Galeão às 14h, foi direto para o Maracanã torcer para o Flamengo e viu a goleada rubro-negra. No intervalo, saudou a torcida rubro-negra e teve o nome gritado: "Olê, lê, olá, lá, Vitinho vem aí e o bicho vai pegar." Ele vai dar entrevista coletiva.
Como faz nos jogos dentro do Maracanã, o Flamengo pressionou a saída de bola do Sport desde o início da partida. Os jogadores do time pernambucano até tentavam rodar a bola, com Marlone, Michel Bastos e Gabriel, mas tinham dificuldades. O ponto de desequilíbrio dessa primeira etapa saía dos pés do jogador mais pressionado em campo: Marlos Moreno. Mas o gol só saiu de bola parada, com Réver de canhota, após ganhar disputa na área.
O Sport conseguiu reagir em boa jogada coletiva. Marlone girou em cima de Diego, recebeu de volta no meio de campo e, sem os meias do Flamengo pressionarem, colocou bola perfeita na cabeça de Claudio Winck: 1 a 1.
A pressão do Flamengo em cima do Sport no início da segunda etapa logo deu resultado. E para isso duas contribuições foram fundamentais. Primeiro, Barbieri liberou mais Lucas Paquetá, trocando de posição com Diego. Depois, o zagueiro Ronaldo Alves, que furou na bola escorada por Uribe, na bola que sobrou para a canhota afinada de Paquetá.
Desnorteado, o Sport se abriu e deixou Marlos desfilar talento - com ajuda preciosa de Éverton Ribeiro. Foi dele o passe para o camisa 7 colocar no ângulo de fora da área. O Sport não conseguiu reagir. E ainda facilitou outro gol rubro-negro. Do estreante Fernando Uribe, que recebeu de Éverton Ribeiro e chutou de esquerda. A bola quicou e Magrão espalmou para o gol.
Com 34 pontos, o Flamengo se manteve a dois do São Paulo - que venceu o Cruzeiro, no Mineirão, por 2 a 0. Na próxima rodada do Brasileiro, os cariocas enfrentam o Grêmio, em Porto Alegre, no sábado. Antes, também na capital gaúcha, o duelo contra os comandados de Renato Portaluppi é pela Copa do Brasil. Na quarta-feira.
O Sport perdeu a quarta consecutiva no Brasileiro. O time está 12º lugar, com 19 pontos - a três da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, recebe a Chapecoense, na Ilha do Retiro (PE), às 19h, no domingo.
Uribe era a grande atração, com Guerrero barrado, no banco. Mas quem roubou a cena foi Marlos Moreno. Com muito drible e inteligência nos passes, o ponta colombiano não se restringiu ao lado esquerdo e criou os melhores lances do Flamengo.
Com Vitinho no camarote, Marlos, que voltou de dores no tornozelo, mostrou que vai dar trabalho para o novo contratado. Fez grande partida.
Do setor ofensivo foi Marlone quem mais tocou na bola e tentou criar jogadas. Numa delas, girou bonito em cima de Diego e depois recebeu para colocar a bola à feição de Claudio Winck. O camisa 10 do Sport não teve companhia, mas mostrou um pouco de lucidez no meio de campo do time pernambucano.

DESTAQUES INDIVIDUAIS

Mais finalizações: Lucas Paquetá e Uribe (4)

o Mais roubadas de bola: Ronaldo Alves (6)

o Mais faltas cometidas: Cuéllar, Lucas Paquetá, Marlos, Raul Prata, Fellipe Bastos e Michel Bastos (2)

o Mais faltas recebidas: Diego e Sander (3)

o Mais passes errados: Marlone (5)

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte