Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Chape bate Corinthians pelo Brasileirão
Próximo compromisso do Timão é nesta quarta-feira, novamente contra a Chapecoense na final da Copa do Brasil
12:27   13 de Agosto, 2018
9200a0dfa9c288d2f0c7bb91e34a3918.jpg
Foto: Daniel Augusto Jr. | Ag. Corinthians

Assessoria
Corinthians 

Na tarde desta domingo, 12, o Corinthians enfrentou a Chapecoense em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. Na Arena Condá, em Chapecó-SC, o Timão empatou pelo placar de de 2 a 1. Com o resultado negativo, o alvinegro segue na 7ª posição na tabela, com 27 pontos conquistados.

Sob um forte sol na Arena Condá e dando oportunidade para alguns atletas que tiveram menos minutos em campo nesta temporada, o Corinthians conseguiu abrir o marcador logo em uma das primeiras ofensivas. Aos 5 minutos, Mateus Vital tocou para Clayson, que ajeitou a bola e cruzou na cabeça do camisa 9 Roger, o centroavante cabeceou e Jandrei fez bela defesa. No rebote, Marquinhos Gabriel empurrou de pé direito para o fundo do gol.
Aos 18 minutos, o chileno Araos fez bela jogada na linha fundo, cruzou rasteiro para Clayson que finalizou travado no zagueiro. No rebote, Roger também tentou, mas a bola parou na zaga da Chapecoense. Aos 29, Araos novamente. O jovem de 21 anos fez ótima enfiada de bola na grande área, o camisa 25 Clayson apareceu e finalizou para outra boa defesa do goleiro adversário.
Pouco tempo depois, aos 33 minutos, foi a vez de Mateus Vital aparecer na partida. O meio campo partiu carregando a bola em direção a área, pedalou para cima do zagueiro e finalizou no travessão.
Segundo Tempo
Na volta do vestiário, o ritmo da partida mudou e a Chapecoense passou a correr atrás do placar. Jogando de maneira mais defensiva para tentar assegurar o resultado, o Timão soube sofrer com as ofensivas da equipe mandante. No entanto, em cobrança de falta aos 24 minutos, Diego Torres fez bela cobrança, a bola viajou por cima da barreira e entrou no canto oposto do goleiro Cássio. Com o jogo empatado, o Corinthians voltou a conseguir propor um pouco mais o jogo, pois a Chape se retraiu no campo de defesa.
Logo após o gol do rival, o técnico Osmar Loss fez sua primeira alteração. Aos 26 minutos, Pedrinho entrou no lugar de Clayson. Depois, aos 31, Ralf substituiu Marquinhos Gabriel. Por último, aos 35, Roger deu lugar à Emerson. Nos últimos instantes, o Timão conseguiu levar perigo ao gol adversário. Pedrinho arriscou chute de fora da área e Jandrei foi buscar em seu canto inferior esquerdo. Na jogada seguinte, aos 49 minutos, a Chapecoense chegou à vitória com um gol anotado pelo meio campo Doffo, após contra ataque rápido.
O Corinthians volta a entrar em campo nesta quarta-feira (15), às 21h45. Na Arena Condá , em Chapecó (SC), o Timão enfrenta novamente a Chapecoense, desta vez pela segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.
Pelo Brasileirão, o Timão volta à Arena Corinthians neste sábado (18). Às 19h, o Alvinegro enfrenta o Grêmio pela 19ª rodada
O Corinthians dominou o primeiro tempo. A Chapecoense mandou no segundo. E quem levou a melhor foi o time catarinense, que lutou até o fim e conseguiu a virada nos acréscimos, com Doffo. A vitória por 2 a 1, na tarde deste domingo, pela 18ª rodada do Brasileirão, foi a primeira na história da Chape contra o Corinthians. O resultado, aliás, foi excelente para a Chape, que sai da zona do rebaixamento, empurrando o Santos para o Z-4. Já o Corinthians segue fora do G-6, em sétimo. As duas equipes voltam a se encontrar na Arena Condá na próxima quarta-feira, agora pela Copa do Brasil.
Ao ser substituído aos 27 minutos do segundo tempo, o atacante Clayson, do Corinthians, atirou água em torcedores da Chape que estavam atrás do banco de reservas do time paulista. "Ele simplesmente jogou água na gente, eu com meu filho no colo, 2 aninhos, e minha mulher do lado. Pra que isso? Não é permitido fazer isso”, disse Alcir Luis Feldman, 45 anos, torcedor da Chape, em entrevista ao repórter Mauricio Oliveira, na Arena Condá.
A Chapecoense reclamou muito de um lance envolvendo Cássio aos 22 minutos do segundo tempo. Após um lançamento longo, o goleiro saiu para tentar afastar, mas errou o tempo de bola e precisou pegar com as mãos - fora da área. A arbiragem ainda hesitou um pouco e acabou mostrando apenas cartão amarelo, para revolta dos jogadores da Chape. Na opinião de Leonardo Gaciba, comentarista de arbitragem da Rede Globo, Cássio deveria ter sido expulso no lance da falta, já que era uma situação clara de gol (que acabou saindo na cobrança de falta, com Diego Torres).
Os dois times voltam a se enfrentar na quarta-feira, novamente em Chapecó, às 21h45, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil - na ida, o Timão venceu por 1 a 0 e agora joga pelo empate (lembrando que não há o critério de gol fora de casa na competição). Pelo Brasileirão, o Corinthians volta a jogar no sábado, contra o Grêmio, em Itaquera. Já a Chapecoense pega o São Paulo, domingo, no Morumbi.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte