Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Banco da Amazônia projeta aplicação de R$ 200 milhões em crédito para o Mato Grosso em 2018
Desse montante, R$ 50 milhões são de recursos destinados para recuperação de pastagens, R$ 50 milhões na construção de armazéns e R$ 100 milhões destinados para o custeio agrícola e pecuário.
12:45   21 de Agosto, 2018
6972e46a8d69530ae454f9eefaace6cc.jpg

Para o segundo semestre de 2018, o Banco da Amazônia está disponibilizando R$ 200 milhões em recursos de crédito para aplicações de curto, médio e longo prazos no estado de Mato Grosso. Desse total, R$ 100 milhões advêm de fundos próprios destinados a produtores rurais para custeio agrícola e pecuário, R$ 50 milhões são de créditos do BNDES ABC para a recuperação de pastagens e R$ 50 milhões, também do BNDES, para a construção de armazéns. Os encargos giram, em média, 8,5% ao ano.

“Como a economia do Estado é predominantemente voltada para o agronegócio, o banco vem atuando com foco na modalidade de custeio agrícola e pecuário na região, daí os grandes investimentos na área”, explica o superintendente regional do Banco da Amazônia, Donizete Campos.

 Sobre a taxa de juros, o gestor ressalta que pode variar de acordo com o nível de risco do cliente e do relacionamento com o banco.

Para o produtor rural de Lucas do Rio Verde, Aquiles Mafini, a liberação de crédito por parte do banco com fonte de recurso LCA para custeio agrícola contribuiu para ampliar o seu empreendimento e gerou, em média, 30 novos empregos diretos. “Eu consegui adquirir novas máquinas, ampliar o terreno, contratar cozinheiras, motoristas e até mesmo jardineiros”, disse o empreendedor.

Os empresários de Tangará da Serra, Euclédio Orth e Márcia Orth, que dispõem de uma loja de roupas, fizeram uso de recursos do BNDES, com intuito de expandir os negócios e aumentar as vendas. Eles aprovaram o atendimento prestado pelo Banco da Amazônia. “Tudo aconteceu dentro da nossa expectativa, o banco foi transparente e o crédito serviu perfeitamente aos objetivos do negócio, fora o atendimento excelente que tivemos”, relata Euclédio Orth.

“Com o recurso, aumentamos o espaço interno da loja e vamos também construir um novo empreendimento, o que gerará mais dez novos empregos. Nossas vendas aumentaram em torno de 30%, dentro do previsto”, declara Márcia Orth.

Atuação na região

O Banco da Amazônia está presente fisicamente em oito municípios de Mato Grosso. As agências estão localizadas em Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Guiratinga, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

 

Nas demais regiões onde o banco não possui unidade, as demandas são atendidas pela agência mais próxima, o que possibilita que a instituição ofereça as soluções de crédito a todos os 141 municípios do Estado.

 

 

 

 

 

 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte