Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:35   19 de Setembro, 2018

LIBERADO
Outro considerado ficha suja que foi liberado para disputar a eleição foi o deputado estadual Gilmar Gabris (PSD). O desembargador José Zuquim Nogueira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, suspendeu a decisão que condenou a 6 anos e 8 meses de detenção pela suspeita do crime de peculato. A condenação de Fabris é referente a um esquema criminoso que desviou R$ 1,5 milhão da Assembleia em 1996, período em que ele era presidente da Casa. 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte