Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Flamengo derrota o Galo no Maracanã e encosta nos líderes
O Flamengo voltou para o segundo tempo com Vitinho na vaga de Matheus Sávio
12:56   24 de Setembro, 2018
47dff0bd2e80da01939e2e5dafb1ee1d.jpg

Depois de alguns tropeços, o Flamengo voltou a dar alegrias aos seus torcedores. Em partida disputada na tarde deste domingo, no Maracanã, a equipe rubro-negra derrotou o Atlético-MG por 2 a 1, gols marcados por Willian Arão e Lucas Paquetá, em jogadas do lateral peruano Trauco; O gol do Galo foi marcado pelo zagueiro Leonardo Silva. O resultado fez o time da Gávea reassumir a terceira colocação com 48 pontos ganhos e voltar a sonhar com a liderança do Campeonato Brasileiro. O Atlético-MG, por sua vez, permanece com 42 pontos ganhos e segue afastado das primeiras posições. O Galo é o sexto colocado.
O resultado refletiu o andamento da partida. O Flamengo saiu na frente no primeiro minuto, permitiu a reação do adversário na primeira etapa, mas desempatou no começo do segundo tempo e soube administrar a vantagem. O Atlético foi uma equipe sem qualquer inspiração durante a maior parte do jogo. O Galo só incomodou a defesa adversária em jogadas de bola parada numa demonstração da fragilidade do seu ataque. Só nos minutos finais é que a equipe de Thiago Larghi partiu para o ataque e desperdiçou algumas chances para empatar. 
Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Bahia, na Fonte Nova; o Atlético-MG vai receber o Sport, no Independência.
Logo no primeiro minuto de jogo, o Flamengo marcou. O peruano Trauco investiu pela esquerda em grande arrancada e cruzou para Willian Arão, livre na área. O meia rubro-negro bateu, de primeira, no canto direito de Víctor.
Desnorteado pelo gol sofrido no primeiro ataque do adversário, o Atlético não conseguia armar jogadas ofensivas e se limitava a trocar passes no meio campo sem causar danos à retaguarda da equipe da casa.
Aos 22 minutos, o Galo deixou tudo igual. Pará derrubou Fábio Santos ao lado da área. Luan levantou na área e Leonardo Silva subiu mais do que todo mundo para cabecear e colocar a bola nas redes cariocas.
O Flamengo voltou para o segundo tempo com Vitinho na vaga de Matheus Sávio. E o primeiro momento de perigo aconteceu aos seis minutos quando Éverton Ribeiro acionou Vitinho e o atacante chutou forte, mas Emerson desviou para escanteio.
Aos oito minutos, o Flamengo passou à frente. A exemplo do que aconteceu no primeiro gol, Trauco fez boa jogada pela esquerda e cruzou para a cabeçada certeira de Lucas Paquetá definir o placar do jogo.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte