Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Ponte danificada oferece risco para alunos
O Ônibus corre risco de qualquer hora cair
12:09   28 de Setembro, 2018
0bdbd3e97323d3caa39c42aa58909ed7.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

Mais uma vez, a diretora da Escola Estadual Boa Esperança, na comunidade Ourolândia onde estudam 150 alunos, professora Margarete, reclama do descaso do poder público com relação a situação da rodovia e pontes da região da Pista do Cabeça.

Conforme a diretora, uma ponte localizada na comunidade Pista Nova, que dá acesso as fazendas, está com sua estrutura completamente comprometida. A estrada é usada para o transporte escolar, mas quando o ônibus que transporta os alunos passa sobre a ponte, ela começa a balançar. Na semana passada, uma peça de madeira cedeu e o ônibus, por pouco não caiu na ribanceira.
Outra ponte que dá acesso ao assentamento e as fazendas, que usam a estrada para transportar madeira, caiu e foi feito um desvio sobre o rio Paranaíta.
Além disse, também a uma ponte no acesso a fazendo Machado, de Carlos Gomes, que também está danificada. Segundo ela, as estradas de acesso as comunidades estão completamente sucateadas e quando começara o período de chuvas, os moradores podem ficar isolados. 
“Os alunos tem que descerem para o ônibus passar descarregado, mas o risco é iminente. O Ônibus corre risco de qualquer hora cair. É necessário que providências urgentes sejam adotadas para arrumar a ponte. As crianças não podem continuar enfrentando essa situação”, cobra a diretora, professora Margarete. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte