Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:11   26 de Outubro, 2018

CAUTELAR


Uma medida cautelar do Tribunal de Contas, impediu a exoneração do Controlador Interno da Câmara de Guarantã do Norte, Alfredo Fogaça Neto, por reprovação em estágio probatório. Alfredo é sogro do prefeito Érico Stevan e caso a decisão do TCE não seja obedecida pela Câmara, acarretará em multa de 50 UPFs. 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte