Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:32   31 de Outubro, 2018

REPRESÁLIA
Os caciques políticos de Mato Grosso decidiram fechar o cerco contra os empresários do agronegócios. Primeiro foi o senador eleito Jayme Campos (DEM), que, ao desferir pesadas críticas ao setor, defendeu que os mesmos sejam taxados pelo novo governo de Mato Grosso. Agora é a vez do deputado federal Carlos Bezerra (MDB) a também defender que os barões do agronegócio passem a contribuir para que Mato Grosso supere a crise econômica. “Tem grande produtor que fala que exportou e não exportou para ser beneficiado pela lei Kandir, e nunca pagou um centavo de imposto. Quer dizer, passou a perna no estado”, criticou.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte