Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
São Paulo cede empate a Flamengo
O resultado de 2 a 2 pela 32ª rodada praticamente sepultou as chances de título para ambos
11:53   05 de Novembro, 2018
9e5d374f69ab21c53c79fc99b7b69e28.jpg

Tiago Salazar
Gazeta Esportiva

O jovem Helinho esteve muito perto de viver uma noite de herói no estádio do Morumbi logo em sua estreia pelo time profissional do São Paulo, contra o Flamengo. Mas, um gol de Rodinei na parte final da partida desse domingo determinou o empate por 2 a 2 nessa 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Se o resultado foi ruim para são paulinos e rubro-negros, ao menos o garoto Helinho terá boas lembranças para guardar da tarde deste domingo de novembro. Aos 18 anos, o atacante estreou entre os profissionais do São Paulo e precisou de somente cinco minutos para brilhar. Ao receber passe na direita, cortou para dentro, encarou Renê e Cuellar e acertou um lindo chute. Golaço!
Cada equipe levou um ponto para casa, mas quem comemorou mesmo foram os palmeirenses, que agora têm seis pontos de vantagem na liderança da competição com apenas seis rodadas para o fim (66 pontos). Os rubro-negros foram a 60, um a mais que o Tricolor. O Inter, 58 pontos, ainda pode assumir a vice-liderança e diminuir a distância para os alviverdes.
Com o empate, o São Paulo segue em quarto, com 57. São nove pontos e quatro vitórias a menos que o Palmeiras faltando seis partidas para o fim da competição. De quebra, vê o Grêmio na cola na briga por uma vaga direta na Libertadores, com 55. Sábado, às 17h (de Brasília), tem clássico com o
 Gonzalo Carneiro conseguiu se virar sozinho e fazer uma bela jogada pela esquerda para Diego Souza ficar livre diante de César e abrir o placar. Na comemoração, o atacante são-paulino homenageou o presidente da república, recém-eleito, Jair Bolsonaro.
Diego Aguirre mudou o esquema no segundo tempo. Abriu mão de um zagueiro, trocou Anderson Martins pelo jovem Helinho, e logo teve a certeza da decisão correta. Aos cinco, o garoto de 18 anos recebeu pela direita, limpou para dentro e chutou colocado com força. Golaço! Que estreia! 
Aguirre trocou Carneiro por Edimar, Araruna por Luan, e o Flamengo pressionou. Uribe perdeu boa chance de bicicleta, Paquetá obrigou Sidão a fazer grande defesa. Na terceira, Rodinei não perdeu. Após linda jogada de Vitinho, escorou para o gol vazio: 2 a 2. Dependendo da vitória para seguir a quatro pontos do Palmeiras, o Rubro-Negro se mandou para o ataque e teve a chance da vitória aos 45. Geuvânio cruzou rasteiro, a bola cruzou toda área e encontrou Vitinho, sozinho, no segundo pau. O camisa 14 jogou nas alturas a chance da virada. Tudo igual no Morumbi.

O Morumbi foi à loucura, mas teve pouco tempo de festa. Uribe aproveitou cochilo de Arboleda e Bruno Alves, e cabeceou para as redes. Sidão, que voltava após três jogos no banco de reservas, colaborou.
Agora, o São Paulo faz clássico com o Corinthians, em Itaquera, no sábado que vem. O Flamengo também terá um tradicional duelo regional diante do Botafogo, no mesmo dia, no Nilton Santos.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte