Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Por segurança, fóruns das cidades da região receberão detectores de metal
Alta Floresta é uma das cidades contempladas com a medida
11:39   10 de Dezembro, 2018
07218d028798651a803058605c4a98d4.jpg

Mylena Petrucelli
Assessoria TJ/MT

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso adquiriu 209 detectores de metal portáteis que irão atender todas as unidades judiciárias da Instituição, incluindo as 79 comarcas do Estado, os juizados especiais e as unidades do 2º Grau.   Por meio de contratação emergencial, a Administração do presidente Rui Ramos Ribeiro trabalha com a finalidade de complementar as ações de segurança dos magistrados, servidores e usuários do Poder Judiciário.   
As Comarcas de 3ª Entrância receberão quatro detectores de metal cada, compreendendo as Comarcas de Alta Floresta, Colíder, Juara, Juína, Peixoto de Azevedo na região norte.   
Por fim, a sede do Tribunal de Justiça, os Juizados Especiais da Capital e comarcas de Entrância Especial receberão dois detectores cada, assim como as comarcas de 1ª Entrância, quais sejam: Apiacás, Cotriguaçu, Guarantã do Norte, Itaúba, Marcelândia, Matupá, Nova Canãa do Norte, Nova Monte Verde, Paranaíta e Terra Nova do Norte, também na região Norte.   
 “É um instrumento a mais para incrementar na segurança, que é algo almejado por todos nós, desde os jurisdicionados, aos operadores do Direito e servidores” destaca o fiscal do contrato de fornecimento dos detectores, tenente coronel Murilo Franco.   

Com base na demanda de segurança em todas as unidades judiciárias, a administração irá atender cada uma em sua particularidade, de modo que o cidadão, ao acessar o átrio dos fóruns, juizados e TJ, passe pela detecção de metal. Constatada a presença de metal, será solicitado que a pessoa apresente os objetos que dispararam o equipamento e, então, novamente será submetido à detecção.   Os detectores estão passando pela fase de checagem, conforme estabelece o contrato, e devem ser enviados às comarcas gradativamente a partir das próximas semanas.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte