Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
11:45   12 de Dezembro, 2018

NEGOU 
O Tribunal de Contas do Estado não acatou recursos dos deputados Romoaldo Júnior e Mauro Savi, ambos derrotados na última eleição, que pedia para modificar o acordão que os condenou a devolver R$ 16, 6 milhões para os cofres públicos, por supostos desvio de recursos da obra do estacionamento da Assembleia Legislativa. Com a decisão unânime dos conselheiros, os parlamentares, continuam com os bens bloqueados.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte