Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
secretário explica casa do governador alugada pelo governo para alojar segurança
18:53   30 de Janeiro, 2019
43561df9c0a2d8125152ea29096658e8.jpg

Secretário da Casa Militar de Mato Grosso, o tenente-coronel Eduardo Henrique Souza minimizou as críticas feitas em relação ao aluguel de uma casa no condomínio Alphaville, no valor de R$ 9,1 mil por mês, para abrigar a equipe de segurança do governador Mauro Mendes (DEM). Em um ano o valor pago chegará a R$ 109 mil.           

De acordo com secretário, o critério estabelecido foi a economicidade e a proximidade com a residência do chefe do Executivo estadual. "Isso é absolutamente normal. Nós verificamos as possibilidades e encontramos esta residência que fica perto da casa do governador e com um valor acessível", explicou o militar.   

Segundo ele, a localidade se deve ao fato do governador morar no condomínio Alphaville. Eduardo Henrique explicou que a medida é comum desde o governo Blairo Maggi (PP), que vendeu a residência dos governadores, em 2003.   

“O objeto do presente instrumento é a locação de imóvel, não mobiliado, localizado (...), em Cuiabá-MT, para atender a equipe de segurança do Exmo. Senhor Governador do Estado de Mato Grosso, conforme processo administrativo nº 607277/2018/CM”, diz trecho do contrato divulgado no Diário Oficial do Estado. A vigência do contrato é até o dia 02 de janeiro de 2020. 

A casa dos governadores foi vendida para quitar dívidas trabalhistas com 6 ex-funcionários da extinta Companhia de Desenvolvimento do Estado de Mato Grosso (Codemat). Ela ficava no bairro Santa Rosa, um dos mais nobres da capital. A residência tinha sido adquirida durante o governo Carlos Bezerra, na década de 1980. (Pablo Rodrigo- Gazeta Digital)

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte