Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Time do Flamengo goleia Americano
Diante de rival frágil, ataque do Flamengo reconquista confiança
13:05   25 de Fevereiro, 2019
1894a88a1adb8d15d4172719d11876e0.jpg

LANCE!

A campanha discreta do Americano na Taça Guanabara, com apenas quatro pontos conquistados, já indicava que o Flamengo não encontraria dificuldades neste domingo, na primeira rodada da Taça Rio. A expectativa confirmou-se no Maracanã, com o time de Abel Braga vencendo sem sustos o rival por 4 a 1, gols de Vitinho (2), Gabigol e Diego. De positivo, o técnico soube utilizar a partida para dar maior entrosamento à equipe.
 Na primeira vitória rubro-negra após a tragédia do Ninho do Urubu, o Flamengo lavou a alma de sua torcida com uma goleada tranquila sobre o Americano. A tarde foi especial, já que Gabigol, enfim, desencantou após receber de Arrascaeta. Vitinho foi a grande figura da partida, com dois gols. Diego completou a conta do Fla, e Espinho descontou.
O Flamengo foi melhor durante a maior parte do tempo e matou a parada com gols no início das duas etapas. Em relação ao time que perdeu para o Fluminense, foram três mudanças. Saíram Rhodolfo, Everton Ribeiro e Bruno Henrique, entraram Léo Duarte, Arrascaeta e Vitinho. As substituições foram por precaução e o trio não preocupa, mas quem entrou aproveitou a chance. No caso de Vitinho, serviu para reconquistar espaço e confiança, aumentando a briga pela titularidade.
Gabigol, por sua vez, conseguiu desencantar com a camisa do Flamengo. No discurso, o camisa 9 dizia que o gol iria sair naturalmente, mas a ansiedade era visível. Arrascaeta, que deu uma assistência, mostrou que a falha no Fla-Flu já ficou para trás.
Desta forma, Abel Braga ganha mais opções para a estreia da Libertadores, no dia 5 de março contra o San José, em Oruro, na Bolívia. Antes, o time enfrenta a Portuguesa pela Taça Rio, em partida que o técnico deve usar uma equipe alternativa em campo.
Em um início muito ofensivo, o Flamengo largou na frente logo no primeiro minuto da partida. Pará colocou na cabeça de Vitinho, que cabeceou muito bem.
Depois disso, não deixou de atacar e ainda teve boas oportunidades com Arão, que carimbou o travessão, e Diego, num chute cruzado defendido por Luis Henrique.

No fim da etapa, o Flamengo se desinteressou pela partida, e o Americano passou a incomodar em uma sequência de escanteios. Finalização perigosa, porém, só com Flamel. Diego Alves defendeu.

Se marcou no primeiro minuto da etapa inicial, o Flamengo resolveu o jogo também no começo do segundo tempo.
Aos três, Gabriel ia fazendo golaço de calcanhar após cruzamento de calcanhar, mas a bola bateu na trave e se ofereceu para Vitinho escorar. Três minutos depois, enfim, Gabigol desencantou. Recebeu ótima bola de Arrascaeta, se enrolou, mas ela sobrou para o uruguaio, que voltou a servi-lo. Desta vez o ex-santista não perdoou e anotou o terceiro rubro-negro.
O Flamengo ainda criou várias oportunidades, uma delas com o próprio Gabigol, que perdeu com muita liberdade. Na sequência, Diego sofreu pênalti, mas Marcelo de Lima Henrique não marcou.
Espinho, em cabeçada após escanteio, descontou, mas pouco depois Diego fechou o marcador com o pé esquerdo. Vitória fácil, sem sustos.
O Flamengo volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h, em Volta Redonda, onde enfrentar a Portuguesa. O Americano joga no sábado, às 16h, em Bacaxá, local da partida contra a Cabofriense.
Público e renda - Público: 24.854 pagantes (26.405 presentes) Renda: R$578.979,00.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte