Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
TJ/MT promove palestra sobre violência doméstica em Alta Floresta
70 pessoas assistiram a palestra da juíza Milena Paro sobre os aspectos jurídicos da violência contra a mulher
13:03   20 de Março, 2019
73760c6225fd5bffd5e33eb7c34804b2.jpg

Mylena Petrucelli
 TJMT

 Enfermeiras, técnicas de enfermagem, estudantes, assistentes sociais e psicólogas da rede municipal de saúde de Alta participaram de palestra sobre violência doméstica promovida pela diretoria do Foro da Comarca, em virtude da Semana Justiça pela Paz em Casa – movimento nacional do Poder Judiciário em prol do combate à violência contra a mulher. 
 A juíza diretora do Fórum, Milena Ramos de Lima e Souza Paro, definiu o público da palestra pensando na importância de esclarecer o assunto com os profissionais que muitas vezes fazem o primeiro atendimento às mulheres vítimas de violência.
 “Nós quase não vemos a capacitação de pessoas que lidam com essas vítimas para tratar corretamente do tema. Ao relatar o caso concreto, em regra, são os primeiros profissionais a atenderem essas mulheres, então se não souberem lidar com a situação tudo fica mais difícil para as vítimas”, pontua a magistrada.

 A plateia de 70 pessoas assistiu a palestra da juíza Milena Paro sobre os aspectos jurídicos da violência contra a mulher, seguida de esclarecimentos sobre os aspectos psicossociais, que foram apresentados pela psicóloga do Fórum, Leila Ribeiro de Moraes. Além disso, o workshop também divulgou vídeos, indicadores e pesquisas realizadas de acordo com a realidade social de Alta Floresta. 

 “A avaliação que faço é positiva, acreditando que alcançamos os resultados pelos relatos dos participantes. Constatamos que foram obtidas informações valiosas para que possam utilizar, no dia a dia, durante o trabalho ao receber as vítimas”, finaliza a magistrada. 
 Esse foi o primeiro workshop dessa natureza realizado pelo Fórum de Alta Floresta, de modo que a juíza diretora pretende promover eventos semelhantes nas próximas Semanas Justiça pela Paz em Casa com profissionais de outras áreas que possam se capacitar com o objetivo de enfrentar o tema junto com as vítimas.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte