Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Fluminense é derrotado, mas mostra superação com time de reservas
Vitória por 3 a 2 garante a classificação para a semifinal da Taça Rio, quando os times se reencontrarão para decidir uma vaga na decisão do turno
11:53   25 de Março, 2019
ec4ca368e5abf87068361a5db3ae7ed9.jpg

Lance!

Faltou muita coisa para o Fluminense. Entrosamento, intensidade. Mas sobrou poder de reação quando tudo parecia caminhar para uma goleada. A derrota para o Flamengo, por 3 a 2, neste domingo, no Maracanã, foi um "risco calculado" para o técnico Fernando Diniz, pelo menos no segundo tempo. 
Parecia claro que o Fluminense, com uma equipe praticamente reserva apenas Ganso e Caio Henrique considerados titulares em campo - iria sentir a falta de entrosamento. Principalmente na saída de bola, onde ficou sufocado com a marcação alta do Flamengo. Foi a maior dificuldade da equipe durante toda a partida, onde teve dificuldades para ter a bola sob o seu controle.
O Flamengo entrou em campo neste domingo com a necessidade de fazer o resultado no clássico com o Fluminense,  para garantir a vaga na semifinal da Taça Rio. A obrigação se tornou ainda maior com a opção do rival em escalar seus reservas, com apenas Ganso e Caio Henrique representando os titulares. Assim, chegou a abrir 3 a 0, com dois gols de Bruno Henrique e um de Gabriel, no placar no começo do segundo tempo, viu a reação do rival, que diminuiu a vantagem com Dodi e João Pedro, mas resistiu e conseguiu a vitória por 3 a 2.
O resultado determinou um novo Fla-Flu na semifinal da Taça Rio. O Fluminense terá a vantagem do empate, ao contrário do que aconteceu na semifinal da Taça Guanabara, quando venceu por 1 a 0 o rival.

O Flamengo já tem assegurada a vaga na fase final do Carioca, assim como Vasco e Bangu. O Fluminense precisará ser campeão da Taça Rio ou torcer para que o Vasco não conquiste o título. Só assim, ainda terá chance de lutar para conquistar a competição.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte