Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Postos de Saúde de Alta Floresta recém construídos estão com infiltrações
Prefeito afirma que já ordenou que as providências fossem tomadas
13:00   01 de Abril, 2019
629f350b78f7be0c013335e84c481adf.jpg

Edemar Savariz

A vereadora Elisa Gomes, esteve visitando as dependências da Unidade de Saúde Dr. Hamilton Kubitski, localizado na Rua Fortaleza, cidade Alta.
Após receber várias reclamações de usuários, que relataram que a unidade de saúde tem infiltrações que causam grandes alagamentos e que dificulta os trabalhos dos profissionais de saúde e o atendimentos aos usuários.

"Estive visitando esta unidade de saúde e pude constatar a veracidade das reclamações. Devido as infiltrações, esta unidade de saúde estava tomada pela água que escorre pela parte elétrica, onde tem as calhas das lâmpadas", disse Elisa.

A preocupação da vereadora é em relação a parte elétrica que em contato com a água pode causar curto-circuito, causando acidentes de grandes proporções. "Esta unidade de saúde foi inaugurada a pouco tempo, suas estruturas são relativamente novas e já apresentam grandes problemas estruturais", complementa.
A vereadora enfatiza que as unidades de saúdes do município de Alta Floresta, que foram construídas recentemente, quase todas apresentaram problemas estruturais. "A unidade de saúde Santa Bárbara, nos fundos da Praça Cívica, a Unidade de Saúde do Jardim Universitário, a Unidade de Saúde do Jardim das Flores, todas apresentaram problemas de infiltrações e alagamentos. É necessário que a administração notifique a empresa construtora dessas unidades de saúde para resolver definitivamente esses problemas, antes que algo mais grave venha acontecer", chama atenção Elisa.
Outros Problemas - Além dos problemas estruturais, a reclamação dos usuários é com o calor, não tem ar-condicionado e nem ventilador na recepção do da unidade e falta a colocação de um toldo na entrada da unidade.
Administração Municipal – O prefeito de Alta Floresta, Dr. Asiel Bezerra de Araújo, disse que já solicitou ao setor de engenharia uma solução para este problema. “Se for culpa do construtor, que ele seja acionado, mas o setor de engenharia disse que o projeto dos Postos de Saúde foram para o Brasil inteiro e como nossa região, nesse período, chove muito, está dando essas infiltrações. Mas já pedi para tomarem providências e resolverem essa situação”, disse Asiel 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte