Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
12:56   24 de Abril, 2019

PROPINA
O primo do ex-governador Pedro Taques (PSDB), o advogado Paulo Taques, foi delatado pelo ex-secretário de Educação, Permínio Pinto (PSDB). Conforme Permínio, Paulo recebia propina de R$ 1 milhão por mês da empresa Consignum, que prestava serviço para o governo. E ainda, que o então governador e o vice-governador, Carlos Fávaro, sabiam do esquema. 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte