Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
19:04   26 de Abril, 2019

DELAÇÃO TUCANA
O vazamento da delação do  ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto está começando a incomodar  figurões da política de Mato Grosso, ligadas ao PSDB. Ele admitiu ter sido o operador financeiro do ex-deputado federal e ex-presidente do PSDB em Mato Grosso, Nilson Leitão e revelou que teria operado mais de R$ 1 milhão para pagamentos e financiamento de campanha via caixa 2. Permínio citou os valores que teria recebido, as contas nas quais o dinheiro foi depositado e os locais onde foi buscar o dinheiro em bolsas que ficavam lotadas de notas. Tudo isto a mando de Nilson Leitão. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte