Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Nove quilos de drogas são apreendidos e seis pessoas presas em Peixoto de Azevedo e Matupá
O flagrante aconteceu neste sábado (04), os policiais também apreenderam três balanças, uma espingarda calibre 22 e produtos eletroeletrônicos sem procedência.
20:38   05 de Maio, 2019
175ec4b98e89c6fd421d08a0b8915120.jpg

Maricelle Lima Vieira | PMMT 

Militares do 15º CR de Peixoto de Azevedo e Matupá prenderam, neste sábado (04.05), seis pessoas envolvidas no tráfico de drogas nas duas cidades. Foram apreendidos dois quilos e meio de pasta base pura, 244 pinos de cocaína, pronto para venda, cinco quilos e meio de maconha divididos em tabletes e porções e quase 800 gramas de pasta base de cocaína.

Os militares ainda encontraram três balanças, uma espingarda calibre 22, pinos para embalar o entorpecente e produtos eletroeletrônicos sem procedência. Foram presos M.R.C.R., (22), L.R.S., (20),  I.C.F., (20), T.S.L., (18), C. P. N., (18) e T.R.G., (19).Os policia foram informados que um casal estaria comandando o tráfico de drogas em Peixoto de Azevedo e cidades vizinhas. Junto com eles outros suspeitos fariam parte de uma organização criminosa atuando em toda região.

A denúncia descrevia que um casal que reside no bairro Cidade de Deus, em Peixoto de Azevedo, armazenava a droga em uma chácara no setor Industriário, em Matupá. Os policiais intensificaram rondas e observaram quando um dos suspeitos fazia a entrega de entorpecente a outra pessoa. Na abordagem, foi encontrada uma porção grande de maconha e na conversa o rapaz disse ser usuário e que estaria comprando a droga.

Na abordagem ao casal, ambos confirmaram que haveria mais droga na chácara em Matupá. Foram realizadas buscas nas duas residências onde foram encontrados as drogas e outros suspeitos. Durante a prisão o celular de um deles não parava de tocar, prefixo 27. Segundo o rapaz a ligação seria de um homem que cumpre pena em regime fechado e seria o dono do entorpecente. Diante dos fatos, todos foram encaminhados à delegacia para as devidas providências.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte