Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Seduc repassa mais R$ 7,7 milhões para transporte escolar de municípios
Ao somar valor referente às duas primeiras parcelas, quitadas em março e abril, prefeituras já receberam do Estado cerca de R$ 23 milhões
13:04   08 de Maio, 2019
fb7d24427b27a67aa021176af3910604.jpg

Adilson Rosa
Seduc MT 

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) repassou, na quinta-feira, 2, o valor de R$ 7,7 milhões aos 141 municípios de Mato Grosso para o transporte escolar. O recurso é referente à 3ª parcela de 2019, que é paga no mês de maio. Somado esse valor às duas primeiras parcelas, quitadas em março e abril, as prefeituras receberam do Estado cerca de R$ 23 milhões.
Um total de 10 parcelas é destinado anualmente para os municípios, referente ao transporte escolar. A previsão é que este ano sejam pagos R$ 69,4 milhões para esse serviço, com recursos oriundos do Governo estadual. Os municípios que ainda estão pendentes com a prestação de contas estão com o repasse retido, que será liberado após regularização.
O transporte dos estudantes da rede estadual de ensino, residentes na zona rural, é executado pelo Estado de Mato Grosso em parceria com os municípios. 
Conforme explica a secretária da Pasta, Marioneide Kliemaschewsk, o repasse é feito direto às prefeituras, pois o transporte escolar fica a cargo da gestão municipal, que é responsável pela manutenção dos veículos e pela contratação dos motoristas. “Estamos honrando com todos os nossos compromissos e esses repasses são um exemplo de nosso empenho”, destaca a gestora.

O valor disponibilizado para cada município depende da quilometragem diária realizada pelos veículos, percorrendo os trajetos em buscar e levar os estudantes até as unidades educacionais. O transporte escolar é um direito dos estudantes residentes em zona rural, que é um local de difícil acesso. O objetivo é promover o desenvolvimento social inclusivo, articulado com a nova organização da estrutura escolar; diminuir o índice de evasão escolar, garantir a permanência dos estudantes na escola; e fortalecer a educação do e no campo.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte