Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
VIDA SIM, ABORTO NÃO | 4ª Marcha da Cidadania em Defesa da Vida acontece em Alta Floresta
Você está matando uma criança que estaria vindo ao mundo
18:46   15 de Maio, 2019
bcbf39b07cdab266f79ed9f27e1faa37.jpg

Edemar Luiz Savariz
Mato Grosso do Norte

Aconteceu em Alta Floresta no sábado, 11, a 4ª Marcha da Cidadania em Defesa da Vida, Vida Sim, Aborto Não. A marcha tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre o aborto, que hoje é crime perante a Lei Penal Brasileira.
Para Manoel Carlos, organizador da marcha, disse que o aborto é uma morte silenciosa e que somente no Brasil mais de um milhão de abortos aconteceram num período muito curto. “Temos a tristeza de termos esses dados alarmantes em nossas vidas. Crianças mortas por pessoas que não tem consciência. É uma situação social muito grave a questão do aborto e nós temos que dizer não a morte e intensificar o valor da vida. Por isso temos que dizer aborto não para a nossa sociedade”, disse Manoel.

Manoel Carlos intensifica a questão dizendo que quem pratica o aborto, depois tem consequências muito graves. 

“A pessoa que abortou sabe do que eu estou falando. É algo que ela carrega para a vida toda. Ela não desfaz mais dos danos físicos e psicológicos. Nós estamos trabalhando numa questão muito complicada e que traz consequências muito grave para toda a família. É uma questão de muita dor, no ponto de vista material, psicológico e espiritual”, complementa.
 Para Manoel, a maior instituição que Deus nos deixou é a família. “A família é o grande alicerce do ser humano, se você impede uma criança de nascer, você impede uma família de existir. Nós queremos aqui defender a vida, conscientizando as pessoas para que elas não se permitam executar este ato tão trágico. O aborto é um homicídio, é crime, a única diferença é o momento. Você está matando uma criança que estaria vindo ao mundo. Jesus nos ensina que não devemos matar”, disse Manoel.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte