Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Ager inaugura sala na rodoviária de AF
Presidente da Ager anuncia inicio da recuperação de rodovia; pedágio começam a ser cobrado em 2020
13:46   22 de Maio, 2019
b6272b39342776de0f2b4a614cd2cf76.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

O presidente da Ager- Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos - Fábio Calmon, inaugurou na tarde de ontem em Alta Floresta uma sala da Ager na rodoviária de Alta Floresta. O local será destinado ao atendimento à população, inclusive para fazer suas reclamações. 
Ele também anunciou que uma nova empresa passará a fazer a linha entre Nova Santa Helena e Alta Floresta em substituição a Verde Transportes. Em um prazo de 30 dias, A Aires passará atender a rota com valores de passagens reduzidos.
“A Aires passa a fazer a linha de Alta Floresta para Cuiabá com passagens no valor de R$ 150,00. O valor é mais em conta porque a empresa fará o famoso pinga-pinga, parando em todas as cidades. Quem quiser o ônibus direto, que para somente nas cidades polos, a Nova Horizonte continua com preço de R$ 190,00. A Verde saí e fica estas duas empresas atendendo”, disse Fábio.
Conforme ele, o governador Mauro Mendes já assinou o contrato de concessão da empresa Aires, para ofertar alternativas para a população. 
O presidente da Ager anunciou também que o consórcio Via Brasil, que venceu a concessão para operar o trecho entre Santa Helena e Alta Floresta, irá começar a recuperar as rodovias MT 320 e 208 assim que terminar o período de chuvas, com previsão para o mês de julho. 
“Vai terminar esta buraqueira. A empresa vai começar a recuperar a rodovia para que seja uma estrada de qualidade e segurança”, disse.

Porém, Fábio assegurou que o governador exigiu no contrato de concessão, que a empresa só passe a cobrar pedágio depois que a estrada for recuperada e estiver em perfeitas condições de tráfego.

“Agora a empresa vai fazer a manutenção da rodovia e implantar as praças de pedágio, mas a cobrança só poderá ser feita a partir do ano que vem”, disse.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte