Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Maio Amarelo: vereadora alerta sobre violência no trânsito
Estado de Mato Grosso ocupa o 3º lugar neste ranking nacional de a acidente de trânsito
13:05   24 de Maio, 2019
cca1b663644621117beec6e2ae642ad0.jpg

Assessoria

A vereadora Katia Brambilla (PSB) de Guarantã do Norte, diz estar preocupada com o trânsito da cidade e lembra que em 2018 foi aprovado um Projeto de Lei de sua autoria P.L 1771/2018, intitulado Maio Amarelo, que trata da conscientização e preservação da vida no trânsito. 
Segundo ela “é necessário que se faça campanhas educativas de conscientização e sensibilização com objetivo de diminuir as estatísticas de acidentes, mortes no trânsito e gerar uma mudança de comportamento em todos os usuários da via, tanto motorista quanto pedestre” 
“Os índices nos mostram que o Brasil é o 5º país que mais mata no transito e o Estado de Mato Grosso ocupa o 3º lugar neste ranking, são dados alarmantes e preocupantes”, observa Kátia. 
Ela observa que, segundo especialistas no assunto cerca de 95% dos acidentes são causados por falha humana ou falha mecânica por falta de manutenção, o que também não deixa de ser uma falha humana do condutor. É preciso mudar, de fato, a cultura no trânsito, segundo a vereadora o país precisa avançar na formação dos seus condutores.

 Segundo o Observatório de Segurança Viária, os acidentes no trânsito resultam em custos anuais de R$ 52 bilhões de reais, mais de 60% dos leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) são ocupados por vítimas por acidente de trânsito. Nos centros cirúrgicos do país, 50% da ocupação também são por vítimas de acidentes rodoviários.

“Nosso Município possui carência em infraestrutura e consequentemente em sinalização viária, o que traz insegurança e acidentes. A falta de faixas de pedestres em frente as escolas, locais para estacionamento, ruas estreitas e falta de placas, sem falar na cultura de “quem chega antes tem preferência” nos torna alvos possíveis de acidentes, diz.
“Gostaria de parabenizar a Sociedade Organizada, Conseg, Prefeitura, Politec, Policia Militar e o Ministério Público pelo envolvimento no “Projeto Transito Seguro, motorista consciente Guarantã sem acidente”, disse a vereadora.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte