Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Prefeito Rio Branco destaca reunião com o governador Mauro Mendes
Governador reclamou da crise, mas prometeu atender as demandas apresentadas
13:17   27 de Maio, 2019
9e14909b64710a6c17d1e03ffe6301e4.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

Na quarta-feira, 22, os prefeitos da região de Alta Floresta estiveram reunidos com o governador Mauro Mendes no Palácio Paiaguás. Com exceção do prefeito Asiel Bezerra, os demais, das cidades de Nova Bandeirantes, Carlinda, Apiacás, Nova Monte Verde, Paranaíta e Nova Bandeirantes almoçaram com o governador e apresentaram suas respectivas pautas de reivindicações. 
O prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Rio Branco (PSB), afirmou que o governador reclamou da crise, das dificuldades, que não tem dinheiro e está tentando fazer caixa. No entanto, prometeu soluções para os problemas apresentados. 
Conforme Rio Branco, os prefeitos sabem que o momento é de contingenciamento e entendem a situação. Porém, o cidadão residente nas pequenas e médias cidades, bate na porta do prefeito para fazer as cobranças, diferente do governo estadual e dos prefeitos das cidades grandes.   
“É um ano difícil para o governo, mas vamos esperar os próximos 60 dias. Em setembro acaba o decreto de emergência e esperamos que os municípios possam ser contemplados. Os prefeitos estão preocupados, mas temos que aguardar”, acentua.
“A situação dos municípios é difícil e precisamos de atenção do governo. Os repasses dos governos estadual e federal estão diminuindo e as despesas aumentando. Combustível e peças de maquinários cada vez mais caro e as demandas na saúde aumentam a cada dia”, acrescentou.  
A pauta inicial foi a situação do hospital regional de Alta Floresta, que passa por dificuldades para pagar médicos, servidores e fornecedores.
 “O governador nos mostrou que já pagou mais de R$ 12 milhões na saúde na região norte e em breve, deve colocar as contas do hospital em dia”, disse, acrescentando que o governador também garantiu que irá solucionar a falta de remédios para os municípios, que são de responsabilidade do Estado.
O gestor reclama que no governo passado, a prefeitura de Nova Bandeirantes, protocolou R$ 4 milhões em projetos, que deveriam ser liberados através de emenda parlamentar e não recebeu praticamente nada.
“Falamos para o governador que não recebemos nenhum recursos de emendas do governo passado. Trabalhamos dois anos, elaborando projetos, protocolando e para dizer que não recebemos nada, recebemos R$ 100 mil. E isto se transforma em desgaste. A gente acredita na emenda e depois não entra o dinheiro e nos decepcionamos”, lamenta.  

Cada prefeito teve a oportunidade de expor suas cobranças relativas a seus municípios. Valdir disse que relembrou o compromisso firmado com o governo, para a execução de 5 quilômetros de asfalto na MT 417. 

“Vamos começar a construção de um frigorifico de abete bovino e a obra é extremamente importante. O governo vai arrumar a emulsão e a prefeitura entra com a base e a sub-base. Vamos fazer a obra”, disse. 
APAE - Valdir disse que a prefeitura municipal está arcando com as despesas para manter o funcionamento da APAE em Nova Bandeirantes, porque o governo não está pagando os repasses da entidade. “As crianças especiais precisam de atendimento e estamos tocando com recursos próprios para não ser fechado a APAE, apesar de estarmos assumindo o que não é nossa responsabilidade. Ele também garantiu que está resolvendo esta questão e que irá pagar as APAES em breve”, frisou.
Viaturas – sobre as viaturas policiais, o prefeito afirmou que desde dezembro a prefeitura está subsidiando os carros para a polícia fazer seu trabalho na cidade. “O governador disse que já está entregando para os municípios as viaturas e a nossa deve sair agora, porque há 5 meses estamos pagando essa conta”.
Obras - Em Nova Bandeirantes, no entanto, várias obras estão sendo executadas pela administração municipal. Valdir Rio Branco cita a nova sede da prefeitura, quadra de esportes, escolas, quebra-molas, barracão do viveiro municipal e vai licitar as obras de asfalto. 
“Estamos com um pacote de 22 obras. Economizamos um volume de recursos e estamos investindo para melhorar a vida do cidadão. A nova prefeitura iremos inaugurar no dia 11 de agosto, assim como a escola e a quadra de esportes. Compramos uma Máquina PC, 0km, estamos comprando 10 ônibus. Estamos com o projeto do novo hospital pronto e aprovado pela Anvisa e em breve vamos licitar e fazer esta obra que será um marco para a região”, afirma Valdir.
Para marcar a entrega da nova prefeitura, no dia 11 de agosto, haverá um show nacional com a dupla João Neto e Frederico. 
“Em Nova Bandeirantes, apesar do momento difícil na economia, vamos iniciar a obra de um frigorífico, uma conquista importante para o município. Um grupo de uma grande rede de supermercado, o Kinfuku, está iniciando a construção de uma filial na cidade e o município desponta para ser o maior produtor de café de Mato Grosso. A economia está andando e a administração está fazendo sua parte”, pontua o prefeito.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte