Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Festival de Gastronomia Sabores da Floresta acontecerá no mês de julho
Lançamento do evento será nesta quinta-feira em Alta Floresta
13:17   05 de Junho, 2019
e11c74b2011eb248c494c907b4b682e1.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

O Festival Gastronômico, Sabores da Floresta, realizado anualmente em Alta Floresta, já tem data para acontecer em 2019. A associação de Gastronomia, trabalha na realização do evento e seu lançamento será nesta quinta-feira, 6, no Centro de Eventos Mistura Brasil, às 19 hrs. 
O festival de Gastronomia é um evento que apresenta o grande potencial da gastronomia do município, repleta de pratos saborosos, que valorizam os sabores da região. Conforme Ricardo Pagnoncelli, tesoureiro da Associação de Gastronomia e um dos organizadores do evento, este ano o festival acontecerá nos dias 5, 6 e 7 de julho, na praça da Cultura [Praça do Avião] no centro de Alta Floresta.
Segundo Ricardo, as 15 empresas de Alta Floresta, que atuam no ramo de gastronomia, estão envolvidas na realização do Festival, que este ano chega em sua 6ª Edição. Como no ano passado, cada empresa participante apresentará um prato novo durante o festival. No final, através de votação, o público irá escolher e eleger o melhor prato. O chef de Cuiabá, Tolentino Neto, estará participando do Festival.

Durante os três dias, a Praça da Cultura será palco de diversas atrações culturais, de música, Dança e shows regionais, além de um espaço kids. 

“São 15 empresas expondo seus pratos e o que há de melhor na culinária da região. Vamos priorizar os produtos tipicamente regionais. Os sucos serão de frutas da região e o Chopp artesanal será fornecido por uma empresa da região, a Pampa’s Bier”, informa.
Na avaliação de Ricardo, a Gastronomia de Alta Floresta é de muita qualidade e o Festival serve de incentivo para as empresas do setor. Para ele, como o turismo é um segmento importante do município, é importante que se ofereça para os turistas que visitam a cidade, comida de alta qualidade.
O grande desafio das empresas do setor, de acordo com ele, é criar pratos que sirvam de referência e que sejam característicos da cidade. “Nosso desafio é justamente criar uma cultura gastronômica, para ter uma culinária típica, como acontece em Cuiabá, que tem seus pratos tradicionais como a Mojica de Pintado e Maria Isabel. Mas Cuiabá é uma cidade de 300 anos e com certeza também iremos ter a nossa cultura gastronômica”, observa.
No ano passada, a premiação para a empresa que apresentou o melhor prato do festival gastronômico foi uma bolsa de estudo do curso de gastronomia da faculdade Uniasselvi. Este ano, a premiação ainda não está definida.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte