Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Líder do prefeito cobra mais diálogo entre os vereadores
Invés de brigarem, Kátia diz que vereadores deveriam apresentar soluções
12:24   10 de Junho, 2019
f19b8eb6da8e88048b881be8a882394d.jpg

Assessoria

A vereadora Katia Brambilla ((PSB) defende uma pauta prepositiva na Câmara Municipal de Guarantã do Norte, com menos críticas e mais propostas resolutivas para os problemas que o município vem enfrentando. Para a vereadora, que é líder do prefeito Érico Stevan (DEM) na Câmara, considera que os parlamentares do município perdem muito tempo com as brigas, enquanto poderiam estar buscando as soluções. 
 Nas as sessões do legislativo, enquanto alguns vereadores comportaram-se agressivos, com palavras duras uns contra os outros Katia Brambilla tem pedido coerência ao seus pares.

“Nós, vereadores, que representamos o povo, precisamos parar com essa briga de direita verso esquerda, de apontar o dedo um para o outro. Fomos eleitos para pensar em soluções concretas para os problemas do nosso município. Sabemos dos problemas que o município enfrenta”, comenta. 

Um exemplo citado pela vereadora é as estradas, que conforme ela é problema histórico. “Meu pai há 25 anos, puxando leite com seu humilde caminhão já reclamava das estradas. E hoje depois de todos esses anos, a reclamação é a mesma. Isso me entristece por que vi o sofrimento dele e nada pude fazer. Hoje sou vereadora e tenho o mesmo sentimento. Perdemos nosso tempo com brigas de ego, mas deveríamos estarmos unidos para pensar em soluções. É isso que a população espera”, disse.
Katia disse ainda que o cenário em nível de Brasil é assustador. A reforma da Previdência, contingenciamento da Educação que logo se estenderá para outros setores e irá atingir o município de Guarantã do Norte.  
“Sou uma vereadora que prezo pelo dialogo, que procura resolver os problemas. Jamais irão me ver gravando vídeo e fazendo sensacionalismo nas redes sociais. Não tenho esse perfil. Penso que o vereador tem que buscar diálogo com a sociedade e o poder público para que o desenvolvimento aconteça”, enfatiza.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte