Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Hospital do Câncer de Cuiabá e odontologia de Alta Floresta no diagnóstico precoce
Os atendimentos serão nas especialidades mama, pele, colo de útero, próstata e buco-maxilo
13:20   12 de Junho, 2019
21700e9b3810461ac68788460d6d9290.jpg

Carlos Alberto de Lima
Ascom

Depois de ter realizado entre os dias 12 a 31 de maio, triagem para atendimento, a Prefeitura Municipal de Alta Floresta, através da Secretaria Municipal de Saúde estará recebendo nesta quarta-feira, 12 de junho, a partir das 7 horas da manhã, na Policlínica do Cidade Alta, profissionais do Hospital do Câncer de Cuiabá. Os atendimentos serão nas especialidades mama, pele, colo de útero, próstata e buco-maxilo.
Sobre a vinda dos profissionais e sobre o câncer de boca a Coordenadora da Saúde Bucal do município, a cirurgiã-dentista Magda Pierin, salienta que o câncer de boca ocorre com maior frequência em homens com mais de 40 anos de idade, fumantes e que fazem uso regular de álcool. A exposição ao sol sem proteção representa um fator de risco para o câncer de lábios, sendo este, mais comum em pessoas brancas e mais frequente no lábio inferior.
Outros fatores, como a má higiene bucal e o uso de próteses dentárias mal adaptadas, também aumentam o risco de desenvolvimento do câncer bucal.
A profissional também destaca a importância da realização do autoexame da boca para avaliar mudanças na aparência dos lábios e da porção interna da boca, endurecimentos, presença de nódulos/caroços, feridas que não cicatrizam, sangramentos, inchaços, áreas dormentes e dentes amolecidos ou quebrados. Estar alerta à dificuldade de falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de gânglios aumentados na região do pescoço (ínguas). Assim, se notar alguma anormalidade, procure sua unidade de saúde para avaliação com o dentista.

Magda lembra que as equipes de Saúde Bucal do município trabalham em várias áreas da odontologia com atendimento efetivo aos grupos de gestantes, bebês, crianças/adolescentes, adultos e idosos, com a finalidade de promover, manter e restabelecer a saúde bucal da população com intervenção clínica sempre que necessário. Os profissionais atuam no diagnóstico precoce do câncer de boca com avaliação de sinais e sintomas da doença, intervenção cirúrgica/biópsias. “A prevenção do câncer bucal é importante e possível, uma vez que muitos dos fatores de risco são evitáveis, como fatores ambientais e comportamentais”, alerta.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte