Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
14 de junho é Dia Mundial do Doador de Sangue
13:39   12 de Junho, 2019
0fcc9c755967976b14283f055180c00e.jpg

14 de Junho, Dia Mundial do Doador de Sangue. O objetivo desta data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pela salvação de milhares de vida.
A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 - 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.
Doar sangue é um ato espontâneo. Se cada pessoa saudável doasse, ao menos duas vezes por ano, os hemocentros teriam volume suficiente para atender todos os pacientes que necessitassem.
O volume retirado do corpo é de, aproximadamente, 450 ml de sangue, ou seja, cerca de 10% do total - que é reposto em pouco tempo. Os homens podem doar a cada 60 dias, com limite de quatro doações ao ano; as mulheres a cada 90 dias, com até três doações anuais.
"O sangue não tem substituto industrial, não tem como comprar. Cada voluntário pode salvar até três pessoas com uma simples doação, são muitas vidas.
No Brasil, segundo a campanha #PartiuDoarSangue, apenas 1,8% da população se dispõe a doar sangue, enquanto o ideal seria 5%.
Esse cenário vem mudando com as sucessivas campanhas de esclarecimento junto à população para que aumente no número de doadores de sangue em todo país.
Quem pode doar sangue?
Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):
• Homem ou mulher;
• Entre 16 e 68 anos;
• Ter acima de 50 quilos;
• Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;
• Estar bem alimentado e descansado;
• Esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas;
• Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;
• Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente; enquanto os homens devem esperar 60 dias.
Orientações após a doação
• Repouso de 15 minutos para evitar mal estar
• Beber bastante líquido
• Evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado na doação
• Se tiver febre, diarréia ou outro sintoma de doença infecciosa até sete dias após a doação, comunicar imediatamente o Banco de Sangue
• Frequência de doações:
Homens a cada 02 meses e no máximo 04 por ano. 
Mulheres a cada 03 meses e no máximo 03 por ano.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte