Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Catar reage e empata com Paraguai
Na próxima quarta-feira, o Paraguai enfrenta a Argentina no Mineirão
12:47   17 de Junho, 2019
1caa0bcc69b43c8c07b8f886634666be.jpg
Foto: Luciano Belford | Agência

 

Lance!

Jogadores do Catar comemoram gol de empate marcado por Boualem Khoukhi durante partida entre Paraguai x Catar, válida pela fase de grupos da Copa América 2019, realizada neste domingo, 16, no Estádio do Maracanã
Diante de um público de 19.162 no Maracanã (menos de um terço da capacidade máxima), Paraguai e Catar fizeram, na verdade, um jogo que certamente excedeu às expectativas.
 Os paraguaios abriram dois gols de diferença com Oscar Cardozo e Derlis Gonzáles - esse último um golaço de fora da área. Mas os cataris, atuais campeões asiáticos, tiveram paciência e muita competência para buscar o empate em 2 a 2 com os gols de Almoez Ali e Khouki. Resultado que embola o Grupo B da Copa América.
Com o empate, Paraguai e Catar ficam atrás da líder Colômbia, que venceu a lanterna Argentina por 2 a 0. Na próxima quarta-feira, o Paraguai enfrenta a Argentina no Mineirão. No mesmo dia, a Colômbia duelará contra o Catar, no Morumbi.
O Paraguai teve um "garçom" improvável no Maracanã: a defesa do Catar, principalmente com o goleiro Al-Sheeb. Vários erros na saída de bola facilitaram a vida dos albirrojos.
Arzamendia teve boa chance após driblar o goleiro. Na sequência, aos 2, Balbuena cabeceou e a bola bateu na mão de Pedro Miguel. Pênalti convertido por Cardozo.
No minuto 15, o Catar perdeu chance incrível. Hassan cruzou bem da esquerda e Al-Haydos, sozinho no segundo pau e sem goleiro, se atrapalhou e chutou para fora.

Quando o placar marcava 34, o Paraguai teve nova oportunidade pelo alto. Almiron e Cecílio fizeram jogada ensaiada em escanteio e Balbuena, de novo ele, cabeceou com perigo. Nos minutos seguinte, a defesa do Catar voltou a vacilar - e duas vezes. Pérez desperdiçou ambos os lances para ampliar.

Aos 45, pouco antes do intervalo, Almoez Ali saiu na cara do gol e Gatito fez defesa espetacular para garantir a vantagem parcial do Paraguai.
No sexto minuto, Cardozo faria o segundo gol depois de passe de Almiron, mas a arbitragem, com o auxílio do VAR, assinalou impedimento de Derlis González no início da jogada. E aos 10, o Catar não resistiu. Derlis, que entrou no intervalo, arriscou de fora da área e marcou um golaço.
Depois do domínio nos primeiros minutos da etapa final, o Paraguai diminuiu o ritmo e levou o castigo. Almoez Ali recebeu na entrada da área, cortou e chutou bonito, no ângulo de Gatito - a bola resvalou em Alonso antes de entrar.
Aos 31, veio o empate. Depois de jogada bem trabalhada, Khoukri recebeu na frente de Gatito e chutou mascado. O goleiro desviou para trás e Rojas tentou evitar, mas não conseguiu. Ele se chocou com a trave e teve de ser substituído.
Após o empate, o Paraguai se lançou ao ataque, mas não teve força para desempatar. O Catar suportou bem na defesa, ainda levou perigo em contra-ataques e conquistou ponto importante.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte