Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Novos parâmetros
No elenco de “A Dona do Pedaço”, Monica Iozzi desbrava o universo das redes sociais
20:07   17 de Julho, 2019
e4193b9b3d12cd4a3a490627d62fd714.jpg
Foto: GLOBO/DIVULGAÇÃO

por Caroline Borges

TV Press

Para Monica Iozzi, a vida de atriz passa longe da monotonia. A cada novo trabalho, ela busca conhecer e explorar ao máximo as novas experiências. No ar em “A Dona do Pedaço”, Monica não só se aproximou do universo das redes sociais, mas também abriu espaço para uma nova vaidade a partir de uma mudança brusca em seu visual. Para viver a empresária Kim, a atriz deixou para trás os cabelos morenos e platinou os fios. “Uma das coisas mais bacanas da profissão é poder mudar. Eu, Monica, se fosse por vontade própria, não sei se ficaria platinada e de chapinha um dia. Nem gostava de pintar o cabelo”, explica a atriz, que sugeriu a mudança ainda durante a preparação de elenco. “A Amora (Mautner, diretora) comprou a ideia. Acho que cabe muito nessa personagem porque não é um louro sexy ‘fui à praia’. É uma assinatura de visual. Tudo o que a Kim faz ou veste é pensado”, completa.

Ainda se acostumando com o novo visual, Monica confessa que sentiu muita diferença ao sair na rua com os fios louros. A atriz tem despertado a atenção das pessoas ao seu redor quando está fora de casa. “Que relação é essa que nós, mulheres brasileiras, temos? Que fetiche é esse, essa coisa ariana e nórdica? Fazia muito tempo que eu não ouvia um ‘psiu’ na rua. Outro dia estava de moletom, andando com minhas cachorras, de chinelo e com o cabelo preso. Um moço parou o carro e falou: ‘ô loura’. Achei que era um conhecido meu. Era um homem que não deveria ter feito isso, a gente sabe, mas é uma coisa que nunca aconteceu comigo morena”, lembra.

 Na história de Walcyr Carrasco, Kim é assessora de Vivi Guedes e Josiane, interpretadas por Paolla Oliveira e Agatha Moreira. A profissional é responsável por orientar as clientes para se tornarem personalidades da internet. Na vida pessoal, a personagem tem uma relação conturbada com Márcio, de Anderson Di Rizzi. Acredita namorar o gerente da fábrica de bolos, porém Márcio já tem uma relação com Silvia, vivida por Lucy Ramos. Disposta a acabar com o relacionamento dos dois, Kim acaba se tornando amiga da professora de inglês. “Ela tem um papel importante por trás das redes. É a Kim que comanda as fotos ou os figurinos, por exemplo. Me inspirei nas grandes editoras de moda, que têm um olhar de vanguarda para as tendências. Atualmente, quando vejo um editorial de moda, fico mais atenta ao cenário, figurino e luz”, afirma.

 Natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, Monica deu seus primeiros passos na tevê no extinto “CQC”, da Band, após vencer o concurso para a escolha do oitavo integrante do programa. Depois de quatro anos no jornalístico, Monica decidiu investir de vez em sua porção atriz, sendo contratada pela Globo. Logo que chegou ao canal, ela co-apresentou o “Big Brother Brasil” e integrou o elenco da novela “Alto Astral”. No entanto, foi na bancada do “Vídeo Show” que Monica se sobressaiu na emissora. “Fiquei triste com o fim do programa porque era uma coisa que estávamos acostumados. Não lembro de não existir o ‘Vídeo Show’. O programa tem sua história e deu certo por 30 anos. Foi um divisor de águas na minha carreira”, ressalta. Mesmo investindo na atuação, Monica não fecha as portas para a apresentação. Porém, a atriz busca se envolver em um projeto mais autoral. “Nunca foi um abandono. Sempre pensei em voltar a apresentar. Agora tinha de ser um projeto mais a minha cara e assinatura. No ‘Vídeo Show’, a gente brincava com conteúdo que já existia há 30 anos. É uma ideia (voltar a apresentar) e acho que não vai demorar”, despista.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte